sicnot

Perfil

Mundo

Hollande e Putin juntos em Moscovo contra o Daesh

O Presidente francês, François Hollande, desloca-se hoje a Moscovo, para uma reunião com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, no âmbito da criação de uma coligação contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque.

© Philippe Wojazer / Reuters

Da agenda de Hollande para hoje faz ainda parte uma reunião com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, que será recebido em Paris horas antes de o Presidente francês partir para a capital russa.

O chefe de Estado de França iniciou na segunda-feira uma maratona de contactos diplomáticos ao receber o primeiro-ministro britânico, David Cameron, junto de quem sublinhou a necessidade de intensificar os bombardeamentos contra o Estado Islâmico, e o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Na terça-feira, teve lugar uma reunião com o Presidente norte-americano, Barack Obama, e, na quarta-feira, Hollande teve um encontro de trabalho com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Na sexta-feira, Hollande presidirá, em Paris, a uma homenagem nacional às vítimas dos atentados, seguindo logo após para Malta, onde participa numa cimeira da Commonwealth dedicada ao clima.

Domingo, François Hollande recebe o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e o Presidente da China, Xi Jinping.

François Hollande deu início ao conjunto de reuniões com líderes políticos na sequência dos atentados terroristas do passado dia 13 em Paris, reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, que provocaram 130 mortos e 350 feridos.

Lusa

  • França homenageia sexta-feira as 130 vítimas dos atentados
    1:37

    Mundo

    Sexta-feira será dia de homenagem nacional, em França, às 130 vítimas dos atentados de Paris. O Presidente François Hollande já apelou aos franceses para colocarem a bandeira nas janelas, um apelo que coincidiu com a aprovação no parlamento da continuação dos bombardeamentos na Síria contra o Daesh.

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08