sicnot

Perfil

Mundo

Hollande e Putin juntos em Moscovo contra o Daesh

O Presidente francês, François Hollande, desloca-se hoje a Moscovo, para uma reunião com o seu homólogo russo, Vladimir Putin, no âmbito da criação de uma coligação contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque.

© Philippe Wojazer / Reuters

Da agenda de Hollande para hoje faz ainda parte uma reunião com o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, que será recebido em Paris horas antes de o Presidente francês partir para a capital russa.

O chefe de Estado de França iniciou na segunda-feira uma maratona de contactos diplomáticos ao receber o primeiro-ministro britânico, David Cameron, junto de quem sublinhou a necessidade de intensificar os bombardeamentos contra o Estado Islâmico, e o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Na terça-feira, teve lugar uma reunião com o Presidente norte-americano, Barack Obama, e, na quarta-feira, Hollande teve um encontro de trabalho com a chanceler alemã, Angela Merkel.

Na sexta-feira, Hollande presidirá, em Paris, a uma homenagem nacional às vítimas dos atentados, seguindo logo após para Malta, onde participa numa cimeira da Commonwealth dedicada ao clima.

Domingo, François Hollande recebe o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o primeiro-ministro canadiano, Justin Trudeau, e o Presidente da China, Xi Jinping.

François Hollande deu início ao conjunto de reuniões com líderes políticos na sequência dos atentados terroristas do passado dia 13 em Paris, reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, que provocaram 130 mortos e 350 feridos.

Lusa

  • França homenageia sexta-feira as 130 vítimas dos atentados
    1:37

    Mundo

    Sexta-feira será dia de homenagem nacional, em França, às 130 vítimas dos atentados de Paris. O Presidente François Hollande já apelou aos franceses para colocarem a bandeira nas janelas, um apelo que coincidiu com a aprovação no parlamento da continuação dos bombardeamentos na Síria contra o Daesh.

  • A morte das sondagens foi ligeiramente exagerada

    Um atentado sem efeitos eleitorais, sondagens que acertaram em praticamente tudo, inexistência do chamado eleitorado envergonhado. E um candidato que se situa no centro político com fortíssimas hipóteses de vencer a segunda volta. As presidenciais francesas tiveram uma chuva de acontecimentos anormais, mas acabam por ser um choque de normalidade. Pelo menos até agora...

    Ricardo Costa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Défice recua em 2016 na zona euro e na UE

    Economia

    O défice e a dívida baixaram na zona euro e na União Europeia (UE) em 2016 face a 2015, tendo Portugal registado a terceira maior dívida (130,4%) entre os Estados-membros e um défice de 2%, segundo o Eurostat.

  • Incêndio na Amadora deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação na Buraca, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.

  • Uma volta a Portugal. De bicicleta mas sem licra

    País

    Um grupo de professores propõe-se a repetir o percurso da 1.ª Volta a Portugal em Bicicleta, 90 anos depois. Não se trata de uma corrida, pelo contrário querem provar que qualquer um o pode fazer e promover o uso da bicicleta como meio de transporte pessoal. “Dar a volta” parte para a estrada esta quarta-feira, de Lisboa a Setúbal, tal como em 26 de abril de 1927.

    Ricardo Rosa