sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica atentado no Bangladesh

O Daesh reivindicou o atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

Atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

Atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou um atentado perpetrado na quinta-feira contra uma mesquita xiita no Bangladesh, que fez um morto e três feridos, revelou hoje o SITE, com sede nos EUA, que monitoriza portais islâmicos.

O ataque ocorreu durante as orações do final do dia de quinta-feira, um dia depois de a polícia ter abatido a tiro um líder islamita acusado de lançar granadas contra o principal santuário xiita do país, na capital, Daca, no mês passado, matando duas pessoas.

Homens armados entraram na mesquita de Shibganj, a cerca de 125 quilómetros a norte de Daca, na quinta-feira, abrindo fogo contra os fiéis antes de fugirem.

Imagens televisivas mostram a mesquita xiita sob um forte aparato policial, com janelas partidas e manchas de sangue no chão.

A polícia indicou que o muezim foi morto e que três fiéis ficaram feridos no tiroteio, um raro ataque contra a minoria xiita na nação de maioria sunita.

Segundo a rede de vigilância dos movimentos 'jihadistas' SITE, o grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque através de uma mensagem publicada na rede social Twitter.

As autoridades do Bangladesh indicaram anteriormente não haver provas de que militantes do EI estavam ativos no país.

Contudo, o movimento extremista reivindicou a autoria de uma série de ataques no Bangladesh, incluindo o atentado na semana passada contra um padre italiano, que ficou gravemente ferido.

Com Lusa

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40

    Economia

    Carlos Moedas diz que Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas a propósito da saída do procedimento por défice excessivo. Em entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, o comissário europeu levanta dúvidas sobre a renegociação da dívida e garante que a escolha de Mário Centeno para a liderança do Eurogrupo vai depender do entendimento dos países do euro.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.