sicnot

Perfil

Mundo

Daesh reivindica atentado no Bangladesh

O Daesh reivindicou o atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

Atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

Atentado numa mesquita xiita de Bogra, no Bangladesh, que fez um morto e três feridos.

O grupo extremista Estado Islâmico reivindicou um atentado perpetrado na quinta-feira contra uma mesquita xiita no Bangladesh, que fez um morto e três feridos, revelou hoje o SITE, com sede nos EUA, que monitoriza portais islâmicos.

O ataque ocorreu durante as orações do final do dia de quinta-feira, um dia depois de a polícia ter abatido a tiro um líder islamita acusado de lançar granadas contra o principal santuário xiita do país, na capital, Daca, no mês passado, matando duas pessoas.

Homens armados entraram na mesquita de Shibganj, a cerca de 125 quilómetros a norte de Daca, na quinta-feira, abrindo fogo contra os fiéis antes de fugirem.

Imagens televisivas mostram a mesquita xiita sob um forte aparato policial, com janelas partidas e manchas de sangue no chão.

A polícia indicou que o muezim foi morto e que três fiéis ficaram feridos no tiroteio, um raro ataque contra a minoria xiita na nação de maioria sunita.

Segundo a rede de vigilância dos movimentos 'jihadistas' SITE, o grupo extremista Estado Islâmico (EI) reivindicou a autoria do ataque através de uma mensagem publicada na rede social Twitter.

As autoridades do Bangladesh indicaram anteriormente não haver provas de que militantes do EI estavam ativos no país.

Contudo, o movimento extremista reivindicou a autoria de uma série de ataques no Bangladesh, incluindo o atentado na semana passada contra um padre italiano, que ficou gravemente ferido.

Com Lusa

  • Mário Centeno lidera amanhã a primeira reunião do Eurogrupo
    1:56
  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

  • Quem são os arguidos da operação Fizz
    2:29

    País

    É já considerado o julgamento do ano da justiça portuguesa e o caso que está a abalar as relações entre Portugal e Angola. O processo da operação Fizz tem quatro arguidos, mas um deles, já é certo, não irá sentar-se esta segunda-feira no banco dos réus.

  • Que shutdown é este que paralisou os EUA?
    2:27
  • Casal que mantinha filhos acorrentados queria participar num reality show
    3:15
  • Quase 100 atletas testemunharam contra médico Larry Nassar
    1:38

    Desporto

    Quase 100 atletas e antigas ginastas da seleção dos Estados Unidos da América confrontaram esta semana, em tribunal, o médico Larry Nassar, acusado de assédio sexual. Em dezembro, o clínico foi condenado a 60 anos de prisão por um tribunal do Michigan, por posse de pornografia infantil.