sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 12 mortos em bombardeamentos contra bastião do Daesh na Síria

Pelo menos 12 pessoas, incluindo cinco menores, foram hoje mortos por bombardeamentos de aviões de guerra de nacionalidade desconhecida contra a cidade de Raqqa, o principal bastião do grupo extremista Daesh (Estado Islâmico) na Síria.

© Bassam Khabieh / Reuters

O Observatório sírio dos direitos humanos (OSDH) referiu-se a 11 ataques aéreos numa zona perto da escola Al Hatin desta cidade, situada no nordeste do país árabe. A ONG admitiu que o número de mortos pode aumentar devido à existência de diversos feridos graves.

Nas últimas semanas, aviões russos, da coligação internacional liderada pelos Estados Unidos, e mais recentemente da França, têm bombardeado bases dos 'jihadistas' em Raqqa, onde se intensificaram os ataques aéreos na sequência dos atentados de 13 de novembro em Paris, reivindicados pelo EI.

Em paralelo, na vizinha província de Deir al Zur, aviões militares também de origem desconhecida atacaram um bairro e a zona industrial da capital, com o mesmo nome, onde os 'jihadistas' se confrontam com forças do regime do Presidente sírio Bashar al-Assad.

O Daesh proclamou em finais de junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, após ter conquistado diversas regiões do norte e centro dos dois países.

Lusa

  • Lesados do Banif confiaram "num sistema que os aldrabou"
    2:00
  • "Octávio Machado foi a terceira escolha" para o cargo
    2:01
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • Direita acusa presidente da Assembleia da República de não estar à altura do cargo
    2:06

    País

    O presidente da Assembleia da República está a ser novamente criticado pela oposição. Numa entrevista à Antena 1, Eduardo Ferro Rodrigues disse que não queria falar sobre o caso Galpgate para não causar espasmos à direita. Na reação, o CDS diz que a segunda figura do Estado deve abandonar as trincheiras partidárias. A direita acusa ainda que o presidente da Assembleia de não estar à altura do cargo.

  • "Sempre me senti em casa em Portugal"
    1:11