sicnot

Perfil

Mundo

Acidente de trânsito perto de Joanesburgo faz pelo menos 19 mortos

Pelo menos 19 pessoas morreram num acidente de trânsito envolvendo um autocarro e um camião em Westonaria, perto de Joanesburgo, na África do Sul, informou a imprensa local.

A Direção de Gestão de Tráfico Viário enviou uma equipa de investigadores ao local do acidente para recolher mais informação e determinar as suas causas.

Para já, a versão oficial é de que o condutor de um autocarro perdeu o controlo depois de um pneu rebentar quando circulava numa das principais vias que levam à capital da África do Sul, tendo os seus ocupantes morrido no local do acidente.

O porta-voz da Polícia de Tráfico, Obed Sibasa, confirmou à imprensa que, entre os mortos, estão quatro crianças.

"Os feridos foram transferidos de helicóptero e outros dois foram levados por ambulância para o hospital", assinalou Obed Sibasa, em declarações recolhidas pelo portal Eyewitness News.

No seu último balanço anual, a Direção de Gestão de Tráfico Viário indicou que no último ano mais de 4.500 pessoas morreram em acidentes de trânsito na África do Sul, a maioria nas províncias de Gauteng, Cabo Ocidental e Kwa-Zulu Natal.

Lusa

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.