sicnot

Perfil

Mundo

Cimeira do Clima vai juntar 150 Chefes de Estado em Paris

Cimeira do Clima vai juntar 150 Chefes de Estado em Paris

A Cimeira do Clima das Nações Unidas junta, a partir desta segunda-feira, 150 Chefes de Estado entre os quais Barack Obama e Vladimir Putin, em Paris. Mais de 120 mil polícias e militares vão estar nas ruas. A capital francesa continua a ser um verdadeiro estado polícial, duas semanas depois dos atentados.

  • Cerca de 100 detidos para identificação após distúrbios em Paris
    1:52

    Cimeira do Clima

    Os confrontos no centro de Paris entre a polícia e os manifestantes, marcam este domingo. As autoridades usaram gás lacrimogénio depois de terem sido arremessados vários objectos contra a polícia que carregou sobre os manifestantes. Foram feitas dezenas de detenções. Apesar de estarem proibidas manifestações na capital francesa, centenas de pessoas saíram às ruas em protesto contra as alterações climáticas.

  • Marcelo e Costa unidos contra contagem do tempo integral de serviço
    2:45

    País

    Em menos de 24 horas, o Presidente da República e o primeiro-ministro deram publicamente sinais de que estão unidos contra a contagem de todo o tempo de serviço de professores e outros agentes do Estado para efeitos salariais. Marcelo Rebelo de Sousa e António Costa disseram que essa possibilidade é uma ilusão e que o país não tem condições para voltar aos níveis anteriores à crise.

  • Estudante português desaparecido no mar Báltico

    País

    Um jovem português de 21 anos desapareceu na segunda-feira, dia 13 de novembro, enquanto fazia uma viagem de cruzeiro entre a cidade finlandesa de Helsínquia e a capital da Suécia, Estocolmo. As autoridades locais fizeram buscas na madrugada em que Diogo Penalva caiu ao mar Báltico, por volta das duas da manhã.

  • Paris inaugura primeiro restaurante naturista

    Mundo

    Para entrar, é preciso retirar a roupa e apenas as mulheres podem permanecer calçadas. O primeiro restaurante naturista de Paris abriu em novembro para responder a uma necessidade em França, principal destino do mundo para os praticantes de nudismo.

  • Político indiano oferece 1,3 milhões por decapitação de atriz

    Mundo

    Deepika Padukone é uma das personagens principais do filme que retrata a relação entre uma rainha hindu e um governante muçulmano. O filme enfureceu um político do Governo indiano, que ofereceu 1,3 milhões de euros como recompensa a quem decapitasse a atriz. A polícia já destacou agentes para proteger a atriz, bem como a sua família.