sicnot

Perfil

Mundo

Israel suspende contactos com UE sobre processo de paz com palestinianos

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, ordenou hoje o fim da participação da União Europeia (UE) no processo de paz com os palestinianos, depois da aprovação de uma diretiva comunitária relativa à etiquetagem dos produtos oriundos da Palestina.

DAN BALILTY / POOL

Netanyahu, que acumula também a pasta dos Negócios Estrangeiros, deu instruções a esse ministério para "reavaliar a implicação" da UE no "diálogo político" com os palestinianos devido à diretiva comunitária que foi aprovada este mês e que cujo cumprimento é vinculativo para os 28 Estados-membros.

"O primeiro-ministro ordenou a suspensão dos contactos diplomáticos com as instituições da UE e seus representantes" sobre o processo de paz até que seja finalizado o processo de reavaliação pedido por Netanyahu, segundo um comunicado oficial citado pela agência de notícias espanhola EFE, que não detalha quais as instituições afetadas por esta decisão.

O documento assinalou que a medida "é uma consequência da [nova] etiquetagem" de produtos oriundos dos territórios ocupados por Israel em 1967 e que "é importante clarificar que Israel mantém diálogos diplomáticos com distintos países europeus, mas não com as instituições da UE" sobre esta matéria.

Lusa

  • Manifestação em Lisboa a favor de Israel
    3:06

    País

    Um palestinano foi hoje abatido em Jerusalém pelas tropas israelitas depois de ter esfaqueado um policia. São as mais recentes vítimas da nova intifada que, em apenas dois meses de conflito, já fez dezenas de mortos: 19 do lado israelita e 94 palestinianos. Uma escalada de violência que não tem fim à vista e que levou uma centena de pessoas a manifestarem-se, esta tarde, em Lisboa, a favor de Israel.

  • Esquerda desce, direita sobe
    1:19
  • Ministério Público já tem fita do tempo do surto de legionella
    2:19