sicnot

Perfil

Mundo

Edição do ADN promete curar doenças graves

Algumas das mais graves doenças atuais poderão ser melhor conhecidas e eventualmente até curadas, graças a uma nova tecnologia - a CRISPR, que está a agitar a comunidade científica.

Reuters

A CRISPR é uma espécie de ferramenta para "editar" o ADN, com uma precisão nunca antes atingida, além de eficiência e flexibilidade. Com ela, os cientistas conseguem alterar, apagar ou substituir genes em plantas ou animais, entre eles o Homem. A comunidade biomédica mundial está ainda na fase de tentar perceber como é que esta nova tecnologia poderá alterar a forma de investigar e tratar as doenças.

As implicações desta tecnologia podem ser gigantescas. A CRISPR pode um dia ser a cura para diversas doenças genéticas, mas a manipulação genética é um assunto delicado do ponto de vista ético.

"As pessoas falam dela como uma grande ferramenta, e é muito promissora, mas também assustadora", desabafa Chris Himeda, autor do estudo mais recente sobre a CRISPR.

  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Guterres apela à Coreia do Norte para cumprir resoluções

    Mundo

    O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, apelou este sábado ao ministro do Exterior da Coreia do Norte, Ri Yong Ho, para o cumprimento das resoluções que o Conselho de Segurança impôs ao país em resposta à sua escalada armada.

  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.