sicnot

Perfil

Mundo

Edição do ADN promete curar doenças graves

Algumas das mais graves doenças atuais poderão ser melhor conhecidas e eventualmente até curadas, graças a uma nova tecnologia - a CRISPR, que está a agitar a comunidade científica.

Reuters

A CRISPR é uma espécie de ferramenta para "editar" o ADN, com uma precisão nunca antes atingida, além de eficiência e flexibilidade. Com ela, os cientistas conseguem alterar, apagar ou substituir genes em plantas ou animais, entre eles o Homem. A comunidade biomédica mundial está ainda na fase de tentar perceber como é que esta nova tecnologia poderá alterar a forma de investigar e tratar as doenças.

As implicações desta tecnologia podem ser gigantescas. A CRISPR pode um dia ser a cura para diversas doenças genéticas, mas a manipulação genética é um assunto delicado do ponto de vista ético.

"As pessoas falam dela como uma grande ferramenta, e é muito promissora, mas também assustadora", desabafa Chris Himeda, autor do estudo mais recente sobre a CRISPR.

  • Investigação à tragédia de Pedrógão concluída
    1:10
  • Alternativas para vender a sua casa
    8:58
  • Donald Trump admirado na China

    Mundo

    Um ano depois de ter assumido a presidência, Trump conta com clubes de fãs nas redes sociais da China, com muitos chineses a assumir abertamente a sua admiração pelo líder norte-americano.