sicnot

Perfil

Mundo

Partido Trabalhista britânico abre caminho a aprovação de ataques aéreos na Síria

O líder dos Trabalhistas britânicos, o pacifista Jeremy Corbyn, decidiu dar liberdade de voto aos deputados do partido acerca dos ataques aéreos britânicos na Síria, abrindo caminho a uma aprovação no parlamento.

Reuters

Reuters

© Neil Hall / Reuters

A decisão foi anunciada numa reunião de Corbyn com o seu governo sombra, segundo um alto responsável do Partido Trabalhista citado pelos meios de comunicação social.

O primeiro-ministro conservador, David Cameron, deve pedir, provavelmente a partir de quarta-feira, a aprovação do parlamento para se alargarem à Síria os ataques da força aérea britânica que já decorrem no Iraque.

Dispondo de uma pequena maioria no parlamento, Cameron queria conseguir um apoio mais largo e nos últimos dias, várias dezenas de deputados trabalhistas, chocados com os atentados de Paris, deixaram saber que queriam votar a favor dos bombardeamentos.

No entanto, Corbyn reafirmou a sua oposição à intervenção, segundo ele sinónimo sobretudo de vítimas civis.

O líder do Labour optou agora por deixar a decisão aos seus deputados, embora mantendo que a oposição oficial do partido é contra os ataques aéreos.

A posição de Corbyn evitará, segundo analistas, a deterioração do seu governo sombra, muito dividido sobre a questão, e uma revolta aberta dos parlamentares, entre os quais o vice-presidente do partido, Tom Watson.

Lusa

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.