sicnot

Perfil

Mundo

Arábia Saudita organiza reunião com grupos da oposição síria

A Arábia Saudita marcou para este mês uma reunião entre os principais grupos da oposição política e militar sírios, com o objetivo de os unificar, declarou hoje um dirigente opositor à agência de notícias Efe.

AP

Ahmed Kamel - membro da Coligação Nacional Síria (CNFROS), a mais importante aliança política da oposição -- disse à EFE que as autoridades da Arábia Saudita enviaram convites a diversas organizações da oposição, tanto dentro como fora da Síria.

"Foram recebidos 20 convites para integrantes da CNFROS, enquanto as fações armadas terão 15 representantes na conferência", sublinhou.

O assessor do Presidente da CNFROS, Jaled Joya, revelou que este responsável também participará na reunião na capital saudita.

"O Governo saudita convidou, além destes, o Conselho de Coordenação Nacional (um dos grupos políticos da oposição moderada dentro da Síria) e duas dezenas de personalidades opositoras independentes", sublinhou.

Kamel referiu que o objetivo do encontro será "reunir as posturas da oposição política que está fora e dentro da Síria, assim como as forças militares (da oposição) que operam no terreno e no estrangeiro".

Afirmou ainda que a conferência de Riad é o resultado dos esforços que, já há um ano, a Arábia Saudita tem feito para unir os opositores sírios.

Em sua opinião, "a reunião poderia beneficiar o processo aberto em Viena para encontrar uma solução política do conflito com base no Comunicado de Genebra".

Kamel referia-se às conferências celebradas em novembro em Viena, em que estiveram presentes os principais países implicados no conflito sírio.

Síria há mais de quatro anos é cenário de uma guerra que já tirou a vida a mais de 250.000 pessoas, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos

  • Novas buscas no Universo Espírito Santo

    Queda do BES

    O Ministério Público voltou a fazer buscas no âmbito dos processos do Universo Espírito Santo. A SIC sabe que ontem e hoje os investigadores recolheram provas em diversos locais do continente e também na Madeira, nomeadamente em residências, empresas e entidades bancárias.

    Notícia SIC

  • Visitar a região afetada pelo fogos é uma forma de ajudar na recuperação
    3:07
  • Carvalhal do Sapo tenta recuperar a vida normal após incêndio
    2:33

    País

    As populações das aldeias de Góis tentam voltar à normalidade, ao fim de vários dias rodeadas por um grande dispositivo de operacionais. A repórter Cristina Freitas esteve hoje em Carvalhal do Sapo, onde se realizou mais um funeral de uma das vítimas do incêndio de Pedrógão Grande.

  • Falta de médicos e de ofertas de emprego preocupa habitantes da Guarda
    5:13
  • "Do ponto de vista interno a candidatura do Porto é a melhor" 
    0:50

    País

    António Costa admite que a candidatura da cidade do Porto para receber a Agência Europeia do Medicamento seria a melhor para Portugal. No entanto o primeiro-ministro diz que é preciso avaliar se a candidatura do Porto é a que tem mais hipóteses de ganhar, quando comparada com outras cidades europeias. 

  • Depois da "provocação", o acidente em cadeia
    0:43