sicnot

Perfil

Mundo

Ex-mulher de líder do Daesh na troca de prisioneiros entre Líbano e Frente al-Nusra

O Líbano e a Frente al-Nusra trocaram hoje prisioneiros na cidade fronteiiriça de Arsal, num acordo mediado pelo Qatar. Entre eles, estará a ex-mulher do líder do Estado Islâmico, Abu Bakr al-Baghdadi.

Reuters

Depois de muitos meses de negociação, a Frente al-Nusra, ala síria da Al-Qaeda, libertou 16 polícias e soldados libaneses que tinham sido raptados no ano passado. Em troca, o exército libanês libertou 13 prisioneiros islamitas, entre eles Saja Dulaimi, ex-mulher do líder do Estado Islâmico do Iraque e do Levante.

Dulaimi tinha sido detidao ano passado, no norte do Líbano, sob acusações de pertencer a um grupo terrorista.

"Sou a ex-mulher de Abu Bakr al Baghdadi. Estamos divorciados há mais de seis anos. Vou para Beirute e tenho planos de viajar para a Turquia", contou à Al Jazeera, que estava no local.

Entre os libertados pela Frente al-Nusra estava o corpo de um soldado, Mohammed Hamieh, morto pelos islamitas.

O acordo de troca de prisioneiros esteve à beira do fracasso, quando a al-Nusra exigiu à ultima hora a inclusão do processo de Mustapha Hujeiri, que desempenhara um papel chave na mediação com o grupo, e que foi condenado a prisão perpétua pelos tribunais do Líbano.

  • Daesh transforma drones em bombardeiros 

    Daesh

    As estratégias de combate do Daesh têm vindo a sofrer alterações, bem como a capacidade das forças militares iraquianas para confrontar e derrotar o inimigo. De acordo com o responsável do Exército dos EUA Brett Sylvia, comandante militar no Iraque, a tática mais recente desenvolvida pelo Daesh consiste em usar drones de uso comercial em pequenos bombardeiros, capazes de transportar e lançar granadas.

  • PSD e CDS têm caminhos diferentes
    1:22

    País

    Assunção Cristas já respondeu a Pedro Passos Coelho, depois de o líder do PSD ter recusado apoiar a candidatura da líder do CDS à Câmara de Lisboa. Cristas diz que os dois partidos têm caminhos diferentes. O PSD continua sem apresentar candidato. Contudo, Marques Mendes revelou que Passos Coelho convidou José Eduardo Moniz a candidatar-se à Câmara de Lisboa.