sicnot

Perfil

Mundo

Encontradas mais de 300 baleias mortas no sul do Chile

Um grupo de investigadores denunciou a morte de mais de 300 baleias no Golfo de Penas, no extremo sul do Chile, uma descoberta que está ser investigada pela polícia chilena.

Arquivo Reuters

Segundo divulgou na terça-feira o portal Diario Aysén, a denúncia foi apresentada ao Serviço Nacional de Pesca (Sernapesca) que, por sua vez, entregou a informação ao Ministério Público, que abriu uma investigação para esclarecer a causa da morte em massa dos cetáceos.

As baleias foram encontradas no passado dia 17 de novembro por um grupo de investigadores, mas a informação só recentemente foi dada a conhecer às autoridades chilenas.

No passado mês de maio foram encontrados cerca de 30 cetáceos mortos na mesma região do Chile.

Cristián Hudson, diretor do Sernapesca da região de Aysén, disse que "o número de cetáceos mortos é impressionante".

"Até agora nunca tínhamos tido denúncias desta magnitude", sublinhou.

  • Tiroteio no Mississipi provoca oito mortos
    1:23

    Mundo

    Oito pessoas morreram, incluindo um polícia, depois de um tiroteio no estado norte-americano do Mississipi, nos Estados Unidos da América. O suspeito, um homem de 36 anos, já foi detido, mas as autoridades dizem que ainda é cedo para saber os motivos.

  • Milhares de brasileiros protestam na Praia de Copacabana contra Temer
    3:04
  • Portugal vai voltar a poder levantar a voz em Bruxelas
    1:40
  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Polícia usa gás lacrimogéneo para dispersar manifestantes contra cimeira do G7
    2:28

    Mundo

    A cimeira do G7 terminou este sábado com confrontos entre manifestantes e a polícia na ilha italiana da Sicília e sem o compromisso de Donald Trump sobre o Acordo de Paris para a redução de emissões de dióxido de carbono. O Presidente dos EUA fez saber na rede social Twitter que vai tomar a decisão final durante a próxima semana.