sicnot

Perfil

Mundo

Mais de três horas de televisão por dia provoca danos cerebrais

Os jovens que vêem televisão mais de três horas por dia têm maior probabilidade de desenvolver problemas de cognição mais tarde ao longo da vida, revela um estudo que seguiu 3 mil pessoas durante 25 anos.

© Neil Hall / Reuters

Um total de 3247 adultos, com idades entre os 18 e os 30 anos no início da experiência, foram seguidos durante 25 anos para o estudo publicado esta quarta-feira na revista de psiquiatria Journal of the American Medical Association (JAMA) Psychiatry.

Durante esse intervalo de tempo, os investigadores avaliaram o desempenho cognitivo utilizando três testes que avaliavam a rapidez dos reflexos, a execução de tarefas e a memória verbal.

"Os participantes com hábitos de vida menos ativos, quer dizer, com pouca atividade física e muita televisão, eram os que tinham piores resultados nos testes cognitivos", afirma o relatório do estudo. Por outro lado, a memória verbal não parecia ficar afetada pela "overdose" de televisão.

A investigação foi liderada por Tina Hoang da Northern California Institute for Research and Education at the Veterans Affairs Medical Center, em São Francisco, e por Kristine Yaffe da Universidade da Califórnia, também em São Francisco.

  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Sondagem prevê vitória de Basílio em Sintra e de Bernardino em Loures
    3:03
  • Menina mexicana encontrada viva sob os escombros nunca existiu
    2:24

    Mundo

    As autoridades mexicanas desmentiram a existência de uma menina de 12 anos sob os escombros da escola da capital. Frida Sofia afinal não existe e ainda ninguém assumiu quem fez circular a notícia. O sismo de magnitude 7,1 fez mais de 290 mortos e mais de 40 pessoas continuam desaparecidas.