sicnot

Perfil

Mundo

Manifestação em Hong Kong contra a venda do marfim

Ambientalistas e estudantes manifestaram-se esta quarta-feira em frente à sede do Governo de Hong Kong contra a venda de marfim.

ALEX HOFFORD / Lusa

O protesto surge numa altura em que o Parlamento debate uma moção para proibir o comércio interno de marfim de elefante em Hong Kong. Os legisladores prepararam-se para criar restrições ao negócio, com o objetivo de, no futuro, bani-lo completamente.

Hong Kong é um grande destino de compra e venda de marfim de contrabando.

Todos os anos, os caçadores de marfim matam cerca de 30 mil elefantes para retirar as presas, que depois vendem de forma ilegal para o mercado asiático.