sicnot

Perfil

Mundo

ONG apelam aos bancos para que acelerem desinvestimento no carvão

Várias organizações não-governamentais apelaram hoje aos bancos para transferirem rapidamente os seus investimentos no setor do carbono para as energias renováveis, muito menos financiadas por estas instituições.

reuters

Segundo um relatório que descreve os financiamentos de 15 grandes bancos europeus e norte-americanos entre 2009 e 2014, "os bancos ainda são fatores de agravamento da crise climática e devem acelerar de forma radical a transferência dos seus financiamentos do setor do carvão para a eficácia energética das energias renováveis", denunciam as organizações Amis de la Terre, BankTrack, urgewald e Rainforest Action Network.

De acordo com os seus cálculos, "257 mil milhões de dólares foram atribuídos ao carvão pelos maiores bancos internacionais" nesse período, ou 2,5 vezes mais que às energias renováveis, que beneficiaram de 105 mil milhões dos bancos.

O relatório, publicado por ocasião da Cimeira do Clima, em Paris, revela que "as políticas dos bancos demonstram-se insuficientes para responder à urgência climática".

"Apesar de alguns grandes bancos europeus terem começado a distanciar-se do setor do carbono, Wall Street ainda domina o topo do ranking dos bancos de carvão", denuncia Ben Collins, da ONG Rainforest Action Network, citado num comunicado.

  • Centrais de carvão são o alvo a abater, defendem peritos
    2:22

    Cimeira do Clima

    Na Cimeira do Clima, em Paris, o presidente francês anunciou que vão ser gastos, nos próximos 4 anos, 6 mil milhões de euros, para apoiar o desenvolvimento energético em África. Uma primeira conclusão parece ser óbvia: de nada servirá o esforço para redução do aquecimento global se continuarem a ser construídas centrais a carvão. Os representantes africanos queixam-se de ser os que mais sofrem com a poluição dos outros.

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.