sicnot

Perfil

Mundo

Polícia tunisina anuncia 20 detenções e desmantelamento de célula jihadista

A polícia tunisina deteve na noite de terça-feira 20 pessoas por alegadas ligações ao terrorismo 'jihadista', informou hoje em comunicado o Ministério do Interior da Tunísia.

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

© Zoubeir Souissi / Reuters

Sem fornecer detalhes sobre o local das detenções, o comunicado refere que estas detenções são consequência de 227 operações policiais efetuadas no decurso do recolher obrigatório, em vigor.

Fontes dos serviços de segurança citados pela agência noticiosa Efe referiram-se por seu turno ao desmantelamento de uma célula 'jihadista' especializada na cidade de Bizerta (norte), especializada no recrutamento e envio de voluntários para a Síria e Iraque.

Esta foi a segunda vez em dois dias que unidades especiais da luta antiterrorista afirmam ter desmantelado uma suposta célula 'jihadista' em Bizerta, com alegadas ligações ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

A organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional (AI) denunciou hoje diversos abusos da polícia tunisina nas detenções e buscas desencadeadas após o atentado suicida de 24 de novembro na capital, Tunes, contra um autocarro com membros da Guarda presidencial, com um balanço de 12 mortos.

Em comunicado, a AI afirma que as autoridades tunisinas "devem proteger a população, investigar os ataques a civis e apresentar os culpados perante a justiça. No entanto, não devem atentar contra os direitos humanos aterrorizando as famílias com buscas muito violentas e praticando detenções em massa", afirmou.

A ONG adverte ainda as autoridades para que evitem repetir a conduta da ditadura do ex-Presidente Ben Ali e "assegurar de modo escrupuloso que não se retoma a tortura e a repressão em nome da luta antiterrorista".

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

Lusa

  • Daesh reivindica atentado na Tunísia
    1:36

    Daesh

    O Daesh reivindicou o atentado da passada terça-feira na Tunísia. Treze pessoas morreram e 20 ficaram feridas num ataque contra um autocarro da guarda presidencial. As autoridades declararam o estado de emergência e o recolher obrigatório, em Tunes.

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Projeto Abem dá medicamentos grátis a 2.500 pessoas
    12:53
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Nove suspeitos do ataque de Manchester têm entre 18 e 38 anos
    1:02
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.

  • Roteiro de sugestões para o fim de semana
    13:00
    Se7e

    Se7e

    6ª feira no Jornal da Noite

    Todas as sextas-feiras há uma rubrica de lifestyle no Jornal da Noite. Se7e mostra o melhor do país, numa parceria SIC/Visão. Um roteiro de sugestões para o fim de semana, com os novos restaurantes e hotéis, as lojas da moda, os bares e as esplanadas.