sicnot

Perfil

Mundo

Polícia tunisina anuncia 20 detenções e desmantelamento de célula jihadista

A polícia tunisina deteve na noite de terça-feira 20 pessoas por alegadas ligações ao terrorismo 'jihadista', informou hoje em comunicado o Ministério do Interior da Tunísia.

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

© Zoubeir Souissi / Reuters

Sem fornecer detalhes sobre o local das detenções, o comunicado refere que estas detenções são consequência de 227 operações policiais efetuadas no decurso do recolher obrigatório, em vigor.

Fontes dos serviços de segurança citados pela agência noticiosa Efe referiram-se por seu turno ao desmantelamento de uma célula 'jihadista' especializada na cidade de Bizerta (norte), especializada no recrutamento e envio de voluntários para a Síria e Iraque.

Esta foi a segunda vez em dois dias que unidades especiais da luta antiterrorista afirmam ter desmantelado uma suposta célula 'jihadista' em Bizerta, com alegadas ligações ao grupo extremista Estado Islâmico (EI).

A organização de defesa dos direitos humanos Amnistia Internacional (AI) denunciou hoje diversos abusos da polícia tunisina nas detenções e buscas desencadeadas após o atentado suicida de 24 de novembro na capital, Tunes, contra um autocarro com membros da Guarda presidencial, com um balanço de 12 mortos.

Em comunicado, a AI afirma que as autoridades tunisinas "devem proteger a população, investigar os ataques a civis e apresentar os culpados perante a justiça. No entanto, não devem atentar contra os direitos humanos aterrorizando as famílias com buscas muito violentas e praticando detenções em massa", afirmou.

A ONG adverte ainda as autoridades para que evitem repetir a conduta da ditadura do ex-Presidente Ben Ali e "assegurar de modo escrupuloso que não se retoma a tortura e a repressão em nome da luta antiterrorista".

Segundo a imprensa local, as forças de segurança já promoveram 1.880 operações em todo o país desde o atentado de 24 de novembro, e prenderam 155 pessoas.

Lusa

  • Daesh reivindica atentado na Tunísia
    1:36

    Daesh

    O Daesh reivindicou o atentado da passada terça-feira na Tunísia. Treze pessoas morreram e 20 ficaram feridas num ataque contra um autocarro da guarda presidencial. As autoridades declararam o estado de emergência e o recolher obrigatório, em Tunes.

  • Marcelo já sabia da substituição do embaixador de Angola
    4:00

    País

    O Presidente da República sabia há bastante tempo da substituição do embaixador de Angola em Lisboa e já tinha aprovado o nome do futuro representante de Luanda. A revelação foi feita, esta terça-feira, por Marcelo Rebelo de Sousa, numa conversa exclusiva com a SIC no Palácio de Belém. O Presidente contou ainda que não vai enviar recados ao Governo nem aos partidos no discurso de 25 abril que vai fazer na Assembleia da República.

    Exclusivo SIC

  • "O ministro não escondeu nem tapou"
    1:20

    Economia

    Pedro Santana Lopes falou pela primeira vez sobre a auditoria feita à Santa Casa no período em que foi provedor. Esta terça-feira, na SIC Notícias, Santana Lopes desvalorizou as irregularidades e defendeu o ministro do Trabalho, da Solidariedade e da Segurança Social, Vieira da Silva.

    Pedro Santana Lopes

  • Constitucional chumba algumas normas da lei de barrigas de aluguer

    País

    O Tribunal Constitucional chumbou algumas normas do acórdão sobre as barrigas de aluguer. De acordo com o Expresso, a decisão já foi comunicada à Assembleia da República. A obrigatoriedade da regulamentação da lei ser feita pelo Parlamento e não pelo Governo terá sido unânime.

  • A história do bebé que continua a lutar pela vida depois de terem desligado as máquinas

    Mundo

    Alfie Evans sofre de uma doença cerebral degenerativa. A sua condição levou o caso à justiça e, depois de uma batalha judicial entre os pais e o hospital, os juízes determinaram que as máquinas do suporte artificial de vida fossem desligadas. Apesar de os aparelhos terem sido desligados na segunda-feira à noite, segundo os pais, a criança de 23 meses continua a lutar pela vida, respirando sozinha.

    SIC

  • O 10 de julho de 1941 na escrita de João Pinto Coelho
    15:09
  • Chegaram os brinquedos de cartão para a consola
    6:24
  • Marinha resgata 138 migrantes ao largo de Lampedusa

    País

    A fragata da Marinha portuguesa D. Francisco de Almeida resgatou esta terça-feira, ao largo da ilha de Lampedusa, em Itália, 138 migrantes, entre eles 15 mulheres e oito bebés, disse à Lusa fonte do Estado-Maior-General das Forças Armadas.

  • O recado de Donald Trump à Coreia do Norte 

    Mundo

    O Presidente norte-americano, Donald Trump, exortou Pyongyang a eliminar todo o seu arsenal nuclear, precisando o que queria dizer exatamente ao apelar para a "desnuclearização" do regime totalitário, antes de uma aguardada cimeira com o líder norte-coreano.

  • O vestido de noiva de Megan Markle
    1:17