sicnot

Perfil

Mundo

Comparar o Presidente turco a Gollum pode dar prisão

Um médico pode ser condenado a até dois anos de prisão por ter "insultado" o Presidente turco ao partilhar fotos de Recep Tayyip Erdogan, nas redes sociais, ao lado do personagem Gollum, do Senhor Dos Anéis.

As redes sociais abriram novas possibilidades também no que à justiça diz respeito. Que é preciso cuidado com o que se publica, já se sabe, mas, na verdade, raramente se pensa nas consequências das partilhas.

Foi o que aconteceu ao médico Bilgin Ciftci, da cidade de Aydin, no oeste da Turquia. Ciftci publicou uma imagem de Gollum, do Senhor Dos Anéis, ao lado de Erdogran. O caso está a ser levado a tribunal e até o diretor da trilogia no cinema, Peter Jackson, pode ser chamado para interrogatório, segundo noticia a Sky News.

Jackson deu uma declaração ao site "The Wrap" onde garantiu que as imagens usadas são de Sméagol, o lado bom do personagem. O diretor e os argumentistas, Fran Walsh e Philippa Boyens, afirmaram: "se as imagens são, de facto, a base para esse processo, podemos declarar categoricamente: nenhuma delas contém o personagem conhecido como Gollum. Todas são retratos do personagem chamado Sméagol".

Para quem não conhece a trilogia de livros do professor britânico J. R. R. Tolkien, é preciso que se diga que Sméagol é um personagem que, no início da história, tinha bom carácter e que, depois de ter sido corrompido por um anel, passou a chamar-se Gollum devido ao hábito que ganhou de fazer "barulhos horríveis ao engolir".

A advogada Hicran Danisman disse à Associated Press que foi forçada a argumentar no tribunal que "Gollum não tem mau carácter", porque não conseguiu chegar "lado nenhum" com uma defesa baseada na liberdade de expressão.

Danisman conseguiu que o juiz decidisse que uma comissão, incluindo psicólogos e especialistas em cinema, fornecesse uma avaliação do carácter de Gollum. Mas Peter Jackson continua a garantir: "Sméagol é um personagem alegre, com uma personalidade doce. Não mente, engana ou tenta manipular os outros." E acrescenta: "Ele não é mau, conivente, ou malicioso - esses traços de personalidade pertencem a Gollum, que nunca deve ser confundido com Sméagol."

Sméagol / Gollum são interpretados por Andy Serkis no cinema, mas o ator britânico não se pronunciou sobre o caso.

O julgamento foi adiado até 23 de fevereiro.

  • Prisão preventiva para marroquino suspeito de apoiar o Daesh

    País

    O juiz do Tribunal Central de Instrução Criminal impôs esta quinta-feira prisão preventiva ao cidadão marroquino, detido na Alemanha e entregue a Portugal, suspeito de adesão e apoio ao grupo extremista Daesh e recrutamento e financiamento ao terrorismo.

  • O momento em que Trump quis ser um camionista

    Mundo

    O Presidente norte-americano Donald Trump reuniu-se esta quinta-feira com representantes da indústria de camionagem. Não é apenas do encontro que lhe falamos, mas principalmente da invulgar receção feita por Trump, que entrou para um camião, fingiu que o conduzia e buzinou... em pleno jardim da Casa Branca.

  • FBI investiga possível campanha de espiões russos contra Hillary
    0:57

    Mundo

    A suspeita de ligação entre a equipa de Donald Trump e operacionais russos está a aumentar. A CNN diz que a equipa do Presidente do Estados Unidos da América se coordenou com os russos para atingir Hillary Clinton. O FBI está a investigar registos telefónicos, de viagens, relatórios e transações para offshores.

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.