sicnot

Perfil

Mundo

Coreia do Norte escava novo túnel em base de testes nucleares

A Coreia do Norte está a escavar um novo túnel na sua base nuclear de Punggye-ri, no nordeste do país, o que elevaria a sua capacidade para um eventual novo teste nuclear, revelam imagens de satélite hoje divulgadas.

© Damir Sagolj / Reuters


O portal especializado 38 North divulgou hoje imagens captadas em outubro e novembro que mostram novas estruturas e trabalhos de construção numa zona da base até então desocupada.

O novo túnel junta-se a outros três existentes em Punggye-ri, a base a partir de onde a Coreia do Norte realizou os seus ensaios nucleares de 2006, 2009 e 2013.

O 38 North, programa associado à universidade norte-americana John Hopkins, afirmou que a construção do novo túnel "vem somar-se às capacidades da Coreia do Norte para realizar detonações adicionais em Punggye-ri nos próximos anos, caso decida fazê-lo".

Ainda assim, o portal indica que "não existem indícios de que se vá levar a cabo um teste nuclear de forma iminente".

Fontes do Governo da vizinha Coreia do Sul já tinham alertado, em finais de outubro, para a possibilidade de o regime comunista estar a realizar novos trabalhos na sua base de testes nucleares, apesar de a construção do novo túnel só hoje ter sido noticiada.

Os testes nucleares da Coreia do Norte em 2006, 2009 e 2013 resultaram em fortes sanções do Conselho de Segurança da ONU, que ainda se mantêm e limitam as atividades comerciais e económicas do país.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, reiterou em inúmeras ocasiões a sua aposta no desenvolvimento de armas nucleares como o principal pilar da sua política de defesa.

O regime norte-coreano anunciou em setembro que voltou a operar o reator de Yongbyon, localizado a cerca de 100 quilómetros de Pyongyang, a principal fonte de abastecimento de plutónio do programa de armas nucleares do país, apesar de não ter mencionado um quarto teste atómico.

  • Três irmãos resgatados dos escombros em Itália
    1:24
  • Porto Editora acusada de discriminação
    2:55
  • Graça Fonseca, a primeira governante a assumir-se homossexual
    1:02

    País

    A secretária de Estado da Modernização Administrativa deu uma entrevista ao Diário de Notícias onde assume a sua homossexualidade. É a primeira vez que um governante português o faz. Graça Fonseca assume esta posição pública como uma "afirmação política".

  • Governo quer entregar OE 2018 a 13 de outubro
    1:33
  • Casa Branca isolada devido a pacote suspeito

    Mundo

    A Casa Branca foi esta terça-feira isolada devido à presença de um pacote suspeito junto a uma das vedações que limitam o edifício governamental norte-americano. A situação já foi normalizada e o objeto retirado do local.