sicnot

Perfil

Mundo

Número de mortos em ataque no Cairo sobe para 16

Número de mortos em ataque no Cairo sobe para 16

O número de mortos no ataque com cocktails molotov contra uma discoteca no bairro de Aguza, no oeste da cidade do Cairo, aumentou para 16, de acordo com um autarca local.

O primeiro balanço do ataque à discoteca/restaurante do Cairo apontava para 12 vítimas mortais.

O responsável de Aguza, Ahmed Abdelrahim, assegurou que se tratou de "um evento criminoso", provavelmente devido a uma disputa, e não a um ato terrorista.

Em declarações à televisão estatal egípcia, Abdelrahim explicou que entre os mortos há empregados do estabelecimento, e que o ataque foi perpetrado cerca das 07:00 locais (05:00 em Lisboa).

As primeiras informações indicam que três pessoas que se transportavam num motociclo lançaram os 'cocktails molotov' contra o edifício, provocando um incêndio, e fugiram do local.

As forças de segurança inspecionaram a zona a fim de deter os atacantes, enquanto os agentes da proteção civil apagaram o fogo.

A segurança agravou-se no Egito após a revolução de 2011 (Primavera Árabe), com um aumento da criminalidade e atentados terroristas, mas são raros os ataques a casas noturnas.

Um responsável da segurança avançou que o incidente terá sido provocado por uma disputa entre os funcionários do clube e um grupo de adolescentes, que será responsável pelo ataque.

Lusa

  • Atentado no Egito faz 16 mortos

    Mundo

    Pelo menos 16 pessoas morreram hoje e cinco ficaram feridas num ataque com 'cocktails molotov' contra uma discoteca no bairro de Aguza, no oeste da cidade do Cairo.

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38