sicnot

Perfil

Mundo

Alerta vermelho no Reino Unido

O Met Office, o equivalente ao Instituto de Meteorologia, ativou esta tarde um raro alerta vermelho para a chuva forte resultante da tempestade Desmond que está a afetar sobretudo o norte de Inglaterra, a Escócia e a Irlanda.

© Eddie Keogh / Reuters

Ao mesmo tempo, a agência ambiental que gere a informação das cheias ativou 17 alertas de cheias severas, que significa perigo de vida e várias localidades foram já evacuadas depois dos rios transbordarem.

Também na Escócia há 80 alertas de cheias e na Irlanda um alerta vermelho devido à chuva.


Por todo o Reino Unido há também avisos amarelos e laranjas devido ao vento com rajadas acima dos 100 km/h. As consequências já se fazem sentir ao nível dos aeroportos da região bem como nas estradas e nos comboios.

As previsões apontam para que o mau tempo piore ainda durante a tarde de hoje só melhorando amanhã.

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.