sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades egípcias prendem dois jovens supeitos de envolvimento no ataque a discoteca

As forças de segurança egípcias detiveram hoje dois jovens supostamente implicados no ataque com "cocktails molotov" perpetrados na sexta-feira num restaurante e clube noturno no Cairo que causou 16 mortos, anunciou o Ministério do Interior.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Os detidos, de 18 e 19 anos, fugiram numa motocicleta após o ataque e foram presos pela polícia na província do Suez, a nordeste do Egito.

Durante o interrogatório, um dos jovens admitiu ter disparado no local e ter lançado dois "cocktails molotov" com a ajuda de duas outras pessoas, que estão ainda em fuga, referiu o Ministério do Interior.

Segundo o Governo egípcio, a razão pela qual sucedeu este ataque mortal foi a recusa dos funcionários do clube "Al Sayad" em deixar entrar dois jovens no estabelecimento.

O dono do clube, Hussein Ramadan, disse sexta-feira ao jornal Al Ahram que existiam quatro homens envolvidos no ataque e que já foram identificados pela polícia, sendo que dois deles foram proibidos de entrar no estabelecimento noturno.

O ataque ocorreu às seis da manhã de sexta-feira, hora do encerramento da discoteca, e causou um incêndio no local, no bairro de Aguza, na rua paralela ao Nilo.

O porteiro do prédio, Tarek Mustafa, disse à Agência Efe que, devido à cobertura de madeira do restaurante e discoteca, a propagação do fogo foi imediata, provocando a morte de muitas pessoas por queimaduras e asfixia.

A situação de segurança deteriorou-se no Egito desde a revolução de 2011, com um aumento da criminalidade e dos atentados terroristas.

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.