sicnot

Perfil

Mundo

Autoridades egípcias prendem dois jovens supeitos de envolvimento no ataque a discoteca

As forças de segurança egípcias detiveram hoje dois jovens supostamente implicados no ataque com "cocktails molotov" perpetrados na sexta-feira num restaurante e clube noturno no Cairo que causou 16 mortos, anunciou o Ministério do Interior.

© Mohamed Abd El Ghany / Reuter

Os detidos, de 18 e 19 anos, fugiram numa motocicleta após o ataque e foram presos pela polícia na província do Suez, a nordeste do Egito.

Durante o interrogatório, um dos jovens admitiu ter disparado no local e ter lançado dois "cocktails molotov" com a ajuda de duas outras pessoas, que estão ainda em fuga, referiu o Ministério do Interior.

Segundo o Governo egípcio, a razão pela qual sucedeu este ataque mortal foi a recusa dos funcionários do clube "Al Sayad" em deixar entrar dois jovens no estabelecimento.

O dono do clube, Hussein Ramadan, disse sexta-feira ao jornal Al Ahram que existiam quatro homens envolvidos no ataque e que já foram identificados pela polícia, sendo que dois deles foram proibidos de entrar no estabelecimento noturno.

O ataque ocorreu às seis da manhã de sexta-feira, hora do encerramento da discoteca, e causou um incêndio no local, no bairro de Aguza, na rua paralela ao Nilo.

O porteiro do prédio, Tarek Mustafa, disse à Agência Efe que, devido à cobertura de madeira do restaurante e discoteca, a propagação do fogo foi imediata, provocando a morte de muitas pessoas por queimaduras e asfixia.

A situação de segurança deteriorou-se no Egito desde a revolução de 2011, com um aumento da criminalidade e dos atentados terroristas.

Lusa

  • Tribunal de Contas apresentou reservas em relação ao SIRESP em 2006

    Tragédia em Pedrógão Grande

    O Tribunal de Contas avisou em 2006 que o Estado poderia sair prejudicado nos moldes em que o Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal (SIRESP) estava a ser desenhado. De acordo com a edição de hoje do Jornal de Notícias, terão sido a ausência de um concurso público, a falta de tempo para a apresentação de propostas e mexidas no caderno de encargos a motivar as reservas do tribunal.

  • Relatório pedido pelo Governo PSD-CDS já apontava falhas no SIRESP
    2:26
  • Chef russo aconselha bife tártaro aos jogadores portugueses
    1:29
  • Bispo do Mali terá contas na Suíça com 12 M€
    1:49

    Mundo

    Há uma polémica a envolver um novo cardeal da Igreja católica. Um bispo do Mali, escolhido pelo Papa para o colégio cardinalício, está a ser relacionado com contas na Suíça onde estarão depositados milhões de euros. A cerimónia que o fará cardeal está marcada para hoje.

  • Confirmada prisão dos portugueses que gravaram nome no portão de Auschwitz

    Mundo

    Dois adolescentes católicos portugueses foram condenados a um ano de prisão com pena suspensa, por terem gravado os nomes na porta da entrada principal de Auschwitz-Birkenau. O tribunal de primeira instância de Oswiecim já tinha condenado os jovens e o tribunal de Cracóvia confirmou esta quarta-feira a pena aplicada.