sicnot

Perfil

Mundo

EUA emitem alerta de segurança para o seu consulado em Istambul devido a ameaça

Os Estados Unidos emitiram hoje um alerta de segurança para as instalações do seu consulado em Istambul, devido a uma "ameaça iminente" e aconselharam aos seus cidadãos na cidade turca a não se aproximarem da delegação diplomática.

Olivier Douliery / POOL

"Devido a uma informação acerca de uma ameaça iminente à segurança das instalações do consulado dos Estados Unidos em Istambul, aconselhamos todos os cidadãos norte-americanos que evitem" aproximar-se do edifício, de acordo com um comunicado hoje divulgado pelo Conselho Assessor de Segurança no Estrangeiro do Departamento de Estado norte-americano (OSAC), sigla em inglês).

O OSAC referiu ainda que o consulado em Istambul permanecerá fechado hoje e domingo, apelando ainda aos cidadãos norte-americanos que mantenham "um alto nível de vigilância", que estejam "atentos aos eventos locais" e que tomem as "medidas apropriadas para reforçarem a sua segurança pessoal".

A Turquia faz fronteira com a Síria, país que está a viver em guerra civil desde março de 2011 e tem a parte norte do seu território sob domínio do grupo extremista Estado Islâmico, que está a ocupar também o norte do Iraque.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    2:24
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.