sicnot

Perfil

Mundo

Eleições parlamentares venezuelanas estão a decorrer "com normalidade"

As eleições parlamentares da Venezuela estão a decorrer "com normalidade", disse hoje o eurodeputado português, José Inácio Faria, do Partido da Terra (MPT), que se encontra em Caracas onde participa como observador do processo eleitoral.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Sente-se que há uma grande participação e está tudo a correr com normalidade. Não vejo apreensão nas pessoas. Parece que estou em Portugal e (que) estamos num dia perfeitamente normal em Portugal, quando as pessoas vão votar", disse.

José Inácio Faria falava à Agência Lusa, durante uma visita ao centro eleitoral Liceu Santo Tomáz de Villanueva, onde sublinhou que "há gente dentro, sentada, à espera para votar, e cá fora há uma longa fila à espera para votar".

"Claro que há agentes de autoridade que tentam demonstrar que as pessoas podem estar à vontade, que estão protegidas", disse.

Por outro lado, sublinhou que está a ser recebido de maneira "muito amável, muito simpática" pelos eleitores e que de momento não viu nenhuma alteração.

"Sente-se que as pessoas estão contentes por nós estarmos aqui, lançam-nos sorrisos, alguns agradecem, sem ser muito efusivos, mas agradecem. Alguns piscam o olho, acenam com a cabeça", frisou.

O eurodeputado José Inácio Faria iniciou, sexta-feira, uma visita de três dias a Caracas onde é "o único português a integrar uma delegação não oficial do Parlamento Europeu (PE), constituída ainda por quatro eurodeputados espanhóis do Partido Popular Europeu, único grupo do PE que deu apoio político a esta deslocação".

No dia de hoje esteve reunido com vários embaixadores que lhe transmitiram alguns conselhos sobre a observação eleitoral na Venezuela.

A Venezuela tem 19,8 milhões de inscritos nesta eleição, da qual resultará um novo parlamento de 167 deputados, três dos quais em representação das comunidades indígenas.

As urnas encerrarão pelas 18:00 horas locais (22:30 horas em Lisboa), permanecendo abertos aqueles centros onde se encontrem cidadãos à espera de votar.

Lusa

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Pedro Dias recusou mostrar caligrafia
    2:29

    País

    Pedro Dias forneceu esta segunda-feira ADN aos peritos do laboratório da polícia científica. O suspeito dos crimes de Aguiar da Beira também foi intimado a entregar amostras da própria caligrafia, mas recusou fazê-lo.

  • Autoridades italianas prosseguem buscas por desaparecidos em avalancha
    0:54
  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.

  • Carolina do Mónaco celebra o 60.º aniversário
    2:13

    Mundo

    Carolina do Mónaco celebra esta segunda-feira o 60.º aniversário. Em 60 anos, foi criança mediática, jovem rebelde e, agora, matriarca sem ser rainha. Carolina do Mónaco nunca saiu das revistas, por ser filha de Grace Kelly e Rainier do Mónaco, por ter somado namorados pouco recomendáveis para princesas, por ter perdido o pai dos seus filhos num terrível acidente.

  • Ator morre baleado durante gravações de videoclip na Austrália

    Mundo

    Um ator morreu depois de ter sido baleado durante as gravações de um videoclip da banda Bliss n Eso, na cidade australiana de Brisbane. A vítima foi identificada como Johann Ofner, de 28 anos. O homem chegou a receber a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos.