sicnot

Perfil

Mundo

Eleições parlamentares venezuelanas estão a decorrer "com normalidade"

As eleições parlamentares da Venezuela estão a decorrer "com normalidade", disse hoje o eurodeputado português, José Inácio Faria, do Partido da Terra (MPT), que se encontra em Caracas onde participa como observador do processo eleitoral.

© Carlos Garcia Rawlins / Reute

"Sente-se que há uma grande participação e está tudo a correr com normalidade. Não vejo apreensão nas pessoas. Parece que estou em Portugal e (que) estamos num dia perfeitamente normal em Portugal, quando as pessoas vão votar", disse.

José Inácio Faria falava à Agência Lusa, durante uma visita ao centro eleitoral Liceu Santo Tomáz de Villanueva, onde sublinhou que "há gente dentro, sentada, à espera para votar, e cá fora há uma longa fila à espera para votar".

"Claro que há agentes de autoridade que tentam demonstrar que as pessoas podem estar à vontade, que estão protegidas", disse.

Por outro lado, sublinhou que está a ser recebido de maneira "muito amável, muito simpática" pelos eleitores e que de momento não viu nenhuma alteração.

"Sente-se que as pessoas estão contentes por nós estarmos aqui, lançam-nos sorrisos, alguns agradecem, sem ser muito efusivos, mas agradecem. Alguns piscam o olho, acenam com a cabeça", frisou.

O eurodeputado José Inácio Faria iniciou, sexta-feira, uma visita de três dias a Caracas onde é "o único português a integrar uma delegação não oficial do Parlamento Europeu (PE), constituída ainda por quatro eurodeputados espanhóis do Partido Popular Europeu, único grupo do PE que deu apoio político a esta deslocação".

No dia de hoje esteve reunido com vários embaixadores que lhe transmitiram alguns conselhos sobre a observação eleitoral na Venezuela.

A Venezuela tem 19,8 milhões de inscritos nesta eleição, da qual resultará um novo parlamento de 167 deputados, três dos quais em representação das comunidades indígenas.

As urnas encerrarão pelas 18:00 horas locais (22:30 horas em Lisboa), permanecendo abertos aqueles centros onde se encontrem cidadãos à espera de votar.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57
  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31
  • 245 saltam de ponte de 30m no Brasil para Recorde do Guiness
    1:56
  • Antigos presidentes dos EUA angariam 26 milhões para vítimas dos furacões
    0:58

    Mundo

    Os cinco antigos presidentes dos Estados Unidos da América ainda vivos juntaram-se para ajudar as vítimas dos furacões. Bill Clinton e Barack Obama lembraram as vítimas dos furacões e elogiaram o espírito solidário dos norte-americanos. Os antigos presidentes norte-americanos lançaram o apelo no início do mês passado e já conseguiram angariar cerca de 26 milhões de euros.