sicnot

Perfil

Mundo

Passageiro de voo da Lufthansa detido por interferir com porta de cabine

Um passageiro de um voo da Lufthansa, que fazia a ligação entre Frankfurt e Belgrado, foi dominado pelos membros da tripulação e por passageiros depois de ter interferido com os controlos de uma porta de cabine, disse a empresa alemã.

(arquivo)

(arquivo)

© Ralph Orlowski / Reuters

"Um passageiro levantou-se e tentou fazer alguma coisa à porta, mas foi impedido pelos membros da tripulação e alguns passageiros", adiantou o porta-voz da Lufthansa, Andreas Bartels, sublinhando que não se tratou da porta do cockpit.

A mesma fonte acrescentou que o passageiro foi dominado e obrigado a permanecer no seu lugar durante o resto do voo e foi depois entregue às autoridades em Belgrado, Sérvia.

"Era uma porta normal, que, como é óbvio, não pode ser aberta durante o voo, mas não era a porta do cockpit", adiantou Andreas Bartels, segundo o qual a segurança do voo nunca esteve em causa e o avião aterrou em segurança em Belgrado.

O porta-voz recusou dar qualquer informação sobre a identidade do passageiro em causa, a sua nacionalidade ou o que ele possa ter dito durante o incidente.

Entretanto, a televisão estatal sérvia revelou que a polícia tinha detido um homem jordano depois de ele ter tentado forçar a entrada no cockpit durante um voo da Lufthansa.

O canal sérvio RTS disse que o homem ter-se-ia levantado de repente durante o voo, batido na porta do cockpit e exigido entrar, ameaçando abrir uma das portas do avião enquanto este sobrevoava a Áustria.

O homem, que a imprensa sérvia diz chamar-se Laken e ter um passaporte norte-americano, gritou que queria juntar-se a Alá juntamente com todos os outros passageiros, acrescentou a RTS.

O homem acabou dominado não só por membros da tripulação, mas também por elementos de uma equipa de andebol sérvia que o controlaram até à aterragem em Belgrado, onde acabou detido.

Lusa

  • Há companhias aéreas a contratar. TAP é uma delas
    1:28
  • Euforia e preocupação no Santiago de Bernabéu
    3:02
  • "Sonho com um futuro melhor", o desejo de um jovem sírio em Portugal
    2:12

    País

    Mais de 50 jovens sírios chegaram esta madrugada a Lisboa, para iniciarem o novo ano letivo, em Portugal. Sonham com um futuro melhor. Sonham com uma educação melhor. Os 54 estudantes vieram ao abrigo do programa lançado pelo antigo Presidente da República, Jorge Sampaio, que nos últimos anos já deu uma nova oportunidade a cerca de 200 alunos.

  • Na linha do triunfo
    16:49