sicnot

Perfil

Mundo

Socialistas franceses retiram-se de duas regiões para "barrar" caminho à extrema-direita na segunda volta

O Partido Socialista (PS), no poder em França, anunciou hoje a sua retirada na segunda volta das eleições regionais em 13 de dezembro de pelo menos duas regiões decisivas, para "impedir" uma vitória da extrema-direita.

Reuters

"Nas regiões com o risco Frente Nacional e onde a esquerda não ultrapassa a direita, o Partido Socialista decidiu proceder uma obstrução republicana, em particular no Nord-Pas-de-Calais-Picardie e Provence-Alpes-côte d'Azur", a norte e a sul do país, declarou o número um do PS, Jean-Christophe Cambadélis.

"Durante cinco anos, os socialistas não estarão presentes nessas regiões", acrescentou, após uma reunião extraordinária da direção do partido do Presidente François Hollande.

O partido de extrema-direita Frente Nacional (FN) foi o grande vencedor da primeira volta das eleições regionais francesas que hoje decorreram, com um resultado nacional recorde de 27,2% a 30,3%, de acordo com as estimativas dos institutos de sondagens.

A FN está à frente da oposição de direita e do PS em pelo menos seis de 13 regiões.

A presidente da FN, Marine Le Pen a norte, e a sua sobrinha, Marion Maréchal-Le Pen, a sul, estão creditadas com mais de 40% dos votos, segundo as estimativas, o que as coloca em posição de vencer nas regiões de Nord-Pas-de-Calais-Picardie e Provence-Alpes-côte d'Azur na segunda volta.

Lusa

  • "Sempre nos disseram que bastava o Aves ganhar para estar na Liga Europa"
    0:34

    Desporto

    O Presidente da SAD do Desportivo das Aves garante que não houve esquecimento ou atraso na inscrição do clube na Liga Europa. Luiz Andrade afirma que sempre lhe disseram que bastava vencer a Taça de Portugal para marcar presença na competição e que ainda não sabe se o clube pode ou não jogar a fase de grupos da competição europeia.

  • "Fui violada por Harvey Weinstein aqui em Cannes"
    1:02

    Cultura

    A cerimónia de encerramento do Festival de Cinema de Cannes ficou ainda marcada pelo discurso de Asia Argento. A atriz italiana que acusou Harvey Weinstein de a ter violado justamente numa das edições do festival de Cannes, e que há mais abusadores à solta.

  • As primeiras imagens das quatro crias da lince Malva
    0:20
  • Exército sírio declara Damasco "totalmente segura"

    Mundo

    O exército sírio proclamou esta segunda-feira a capital Damasco e também os arredores, como locais "totalmente seguros". O anúncio foi feito em clima de festa, depois de os militares terem reconquistado os bairros do sul da cidade, até agora nas mãos do Daesh.