sicnot

Perfil

Mundo

Coligação internacional nega ter bombardeado acompamento militar sírio

A coligação internacional liderada pelos Estados Unidos negou hoje ter bombardeado um acampamento do exército sírio na localidade de Deir Ezzor, como acusou o governo de Damasco e o Observatório dos Direito Humanos Sírio.

© Yiannis Kourtoglou / Reuters

"Estamos a par dessas informações que apareceram na imprensa, mas nós não lançámos qualquer ataque nessa parte de Deir Ezzor, mas sim a 55 quilómetros desse local", indicou à agência francesa AFP o porta-voz da coligação, o coronel Steve Warren.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Síria condenou hoje um ataque da coligação internacional que atingiu um acampamento do exército do país e matou quatro soldados.

"A República Árabe da Síria condena energicamente esta flagrante agressão das forças da coligação liderada pelos Estados Unidos, que violam de forma evidente os objetivos da carta das Nações Unidas", refere uma declaração do chefe da diplomacia síria citado pelos media estatais.

Quatro soldados da Síria morreram num bombardeamento sem precedentes da coligação internacional dirigida pelos EUA que atingiu um acampamento do exército do país, informou hoje o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

"Quatro soldados foram mortos e 13 feridos ontem [domingo] por um raide aéreo da coligação internacional contra um acampamento (...) do exército sírio a oeste da província de Deir Ezzor, a dois quilómetros de uma localidade sob controlo do grupo extremista Estado Islâmico", indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahmane.

Segundo o mesmo responsável, foi a primeira vez que um ataque da coligação, que tem bombardeado o Iraque e a Síria há mais de um ano, matou forças do regime sírio.

Lusa

  • As crianças e o frio. O que vestir
    1:58

    País

    O médico Pedro Ribeiro da Silva, da Direção-Geral da Saúde, aconselha especial cuidado com as extremidades do corpo - usar luvas e gorros. E demasiado agasalhadas pode levá-as a transpirar mais e, consequentemente, desidratar.

  • Transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos
    2:32

    Economia

    Os transportes públicos de Cascais vão ficar mais baratos já a partir do próximo mês e a poupança nos passes combinados pode chegar até aos 12 euros por mês. Para além disso, foram criados 1280 lugares de estacionamento gratuito junto às estações da CP e Governo reafirma ainda que a linha será alvo de obras de melhoramentos este ano. Em 2016 passaram pela linha de Cascais 25 milhões de passageiros, mais 2,9% que no ano anterior.

  • Os finalistas do Carro do Ano 2017 são...
    0:53

    Economia

    São sete os escolhidos pelos jurados do Carro do Ano, iniciativa do Expresso e da SIC Notícias. À final chegaram o Citroen C3 Pure Tech, o Hyundai IONIQ Hybrid Tech, da Kia o novo modelo Optima Sportwagon 1.7 CRDi GT Line, o Peugeot 3008 Allure 1.6 BlueHdi, o Renault Mégane Sport Tourer Energy dCI, o SEAT Ateca 1.6 TDI CR Style e ainda o Volvo V90.