sicnot

Perfil

Mundo

Explosão em paragem de autocarro em Moscovo causa três feridos

Uma explosão ocorrida esta segunda-feira à noite numa paragem de autocarros em Moscovo provocou três feridos, informou a agência noticiosa estatal TASS.

(Arquivo)

(Arquivo)

© MAXIM ZMEYEV / Reuters

A polícia na capital russa confirmou à agência noticiosa francesa AFP que "uma explosão ocorreu numa paragem de autocarro em Pokrovka Road", no centro da cidade.

"As forças de segurança estão a determinar as circunstâncias e as causas da explosão", disse um porta-voz da polícia, sem dar mais detalhes.

A TASS citou uma fonte policial, segundo a qual "um engenho explosivo improvisado explodiu numa paragem de autocarro, causando três feridos".

Dois dos feridos são mulheres que foram levadas para o hospital, adiantou a fonte, sem especificar a gravidade dos ferimentos.

Um jornalista da AFP constatou no local vidros partidos no chão, a par de veículos policiais e dos bombeiros.

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.