sicnot

Perfil

Mundo

ONU alerta que extremistas podem fabricar "bomba suja" com matérias radioativas

O diretor-geral da Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), Yukiya Amano, pediu hoje a todos os países que impeçam os extremistas de aceder a matérias radioativas com as quais possam fabricar uma "bomba suja".

Diretor geral da Agência Internacional de Energia Atómica, Yukiya Amano (Reuters)

Diretor geral da Agência Internacional de Energia Atómica, Yukiya Amano (Reuters)

© Heinz-Peter Bader / Reuters

"A segurança nuclear é uma questão grave (que existe) há longa data. É uma ameaça real em todos os países onde as substâncias nucleares estão ao alcance dos terroristas", declarou Amano, durante uma visita às Filipinas onde participa numa conferência sobre energia atómica.

"Se as matérias nucleares caírem nas mãos dos terroristas, podem ser usadas numa bomba suja", cujo fabrico é muito mais simples do que uma bomba atómica, disse.

A AIEA, organização autónoma no âmbito das Nações Unidas, pode ajudar os diferentes governos a combater esta ameaça, explicou aos jornalistas.

Yukiya Amano acrescentou que a organização pode treinar a polícia de fronteira e alfandegária a detetar o tipo de materiais em causa ou fornecer aos governos aparelhos de deteção e outros equipamentos.

Lusa

  • "Espero que num prazo muito breve seja tudo esclarecido"
    1:34

    País

    O ministro do Trabalho e da Segurança Social disse hoje que é preciso aguardar pelo resultado da inspeção que está a ser feita às contas da associação Raríssimas. Vieira da Silva espera que tudo seja esclarecido o mais rapidamente possível.

  • As contradições do (ainda) secretário de Estado da Saúde
    1:58

    País

    Antes do pedido de demissão, o secretário de Estado da Saúde foi, na tarde de terça-feira, confrontado com uma série de novos documentos pela reportagem da TVI. Manuel Delgado é confrontado com uma série de acusações e entra, várias vezes, em contradição.

  • Brinquedos tecnológicos para oferecer no Natal
    5:33
  • Aniversário de Marcelo passado nas comemorações dos 700 anos da Marinha
    1:45

    País

    O Presidente da República defende que é preciso continuar a investir na Armada, nas pessoas, nas capacidades e no apoio de retaguarda. No dia em que fez 69 anos, Marcelo Rebelo de Sousa esteve nas comemorações dos 700 da Marinha, onde sublinhou os sete séculos de conquistas e de combates navais.

  • Costa anuncia reunião sobre neutralidade carbónica em fevereiro
    2:03

    País

    O Presidente francês defende que é preciso ir mais longe e mais rápido na luta contra as alteração climáticas, numa resposta à decisão de Donald Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris. Em fevereiro, será a vez de Portugal organizar uma reunião sobre energia e transportes.