sicnot

Perfil

Mundo

Tempestade no Reino Unido fez dois mortos

Duas pessoas morreram na sequência da tempestade que se fez sentir no sábado no Reino Unido e que causou cheias no norte do país.

© Phil Noble / Reuters

A primeira vítima, um homem com 90 anos, morreu atropelado no sábado à tarde em Londres depois de uma forte rajada de vento o empurrar contra um autocarro que passava na altura.

A segunda vítima foi encontrada hoje no rio Kent, perto de Kendal no norte de Inglaterra. De acordo com a polícia local, por razões ainda desconhecidas, o idoso terá caído ao rio.

Entretanto, o primeiro-ministro David Cameron presidiu esta manhã a uma reunião do comité de emergência Cobra para avaliar os prejuízos do mau tempo e anunciou que visitará a região norte do país.

Ao todo, estima-se que cerca de 60 mil casas, na região noroeste de Cumbria, tenham ficado sem eletricidade na sequência da tempestade Desmond e 2000 habitações e empresas foram inundadas pelas cheias.

Esta segunda-feira, duas dezenas de escolas não abriram portas e a universidade de Lancaster cancelou as aulas até Janeiro.

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.