sicnot

Perfil

Mundo

Pistorius libertado hoje sob fiança após condenação por morte de namorada

O ex-campeão paralímpico Oscar Pistorius foi libertado hoje sob fiança depois de ter sido condenado na quinta-feira pelo assassinato da sua namorada em 2013. "O caso é adiado até 16 de abril de 2016. O requerente é libertado sob fiança de 10.000 rands [cerca de 636 euros]", anunciou o juiz presidente Aubrey Ledwaba do Supremo Tribunal de Pretória.

© Siphiwe Sibeko / Reuters

Anteriormente, o advogado do atleta, Barry Roux, tinha anunciado que Oscar Pistorius iria recorrer para o Tribunal Constitucional sul-africano da condenação pelo assassinato da Reeva Steenkamp, que pode resultar numa pena de, pelo menos, 15 anos de prisão.

Na quinta-feira, O Supremo Tribunal de recurso da África do Sul declarou Oscar Pistorius culpado de "morte", porque teve uma intenção criminosa" no momento dos tiros que provocaram a morte à sua então namorada, informando que o processo será "reenviado à jurisdição de primeira instância para que a sentença seja revista".

Na primeira instância, Pistorius fora condenado a cinco anos de prisão por "homicídio involuntário".

O atleta paralímpico começara, em meados de novembro, a realizar trabalho comunitário, uma das condições acordada aquando da sua saída da prisão, após ter cumprido uma pena de um ano pelo assassínio da namorada, Reeva Steenkamp.

Pistorius está a cumprir a prisão domiciliária em casa de um tio desde 20 de outubro.

A 12 de setembro de 2014, Pistorius foi declarado culpado pelo homicídio involuntário da namorada Reeva Steenkamp, abatida a tiro a 14 de fevereiro de 2013.

No mês seguinte, o tribunal condenou o atleta a cinco anos de prisão efetiva pelo crime de homicídio involuntário, mas também a três anos de pena suspensa por uso de arma de fogo.

Em junho deste ano, os serviços prisionais indicaram que Pistorius era elegível para o regime de prisão domiciliária, depois de ter cumprido um sexto da pena.

Com várias medalhas no atletismo paralímpico, Pistorius, conhecido como 'Blade Runner', por causa das próteses nas pernas que usava em pista, competiu com atletas sem deficiência nos Jogos Olímpicos Londres2012.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.