sicnot

Perfil

Mundo

Angela Merkel é personalidade do ano da Time

A chanceler alemã Angela Merkel foi nomeada a personalidade do ano pela revista norte-americana Time. O líder do Daesh ficou em segundo lugar.

Pormenor da capa da Time

Pormenor da capa da Time

Aos 61 anos, a líder alemã foi escolhida pela "capacidade de fazer frente aos desafios" que se têm apresentado à Europa ao logo do ano, diz a diretora da revista, Nancy Gibbs, em comunicado. A crise grega, dos refugiados e a resposta à ameaça do Daesh, são os desafios mencionados pela Time.

"Por exigir mais do seu país do que a maioria dos políticos ousariam, por se manter firme na luta contra a tirania e a conveniência e por fornecer uma inabalável liderança moral num mundo em que ela escasseia, Angela Merkel é a Personalidade do Ano da Time", escreveu a responsável.

Merkel ultrapassou, por esta ordem, o líder do Daesh, Abu Bakr al-Baghdadi, o candidato às primárias republicanas nos Estados Unidos Donald Trump, o movimento norte-americano para os direitos da comunidade negra Black Lives Matter e o Presidente iraniano, Hassan Rohani.

Inquirida pela estação televisiva NBC, a diretora da Time assegurou que o dirigente jihadista não foi rejeitado por causa do impacto que teria tido a sua nomeação como personalidade do ano da revista.

"Nada é impossível. Nós já nomeámos grandes malfeitores", observou Nancy Gibbs, recordando que Adolf Hitler foi personalidade do ano.

Mas acrescentou que "2015 foi um ano em que ele (Al-Baghdadi) perdeu terreno".

Quanto à chanceler alemã, a revista sublinhou que ela "interveio sempre que uma crise grave ameaçou a Europa este ano".

"A perspetiva da bancarrota grega ameaçou a própria existência da zona euro. A crise dos migrantes e refugiados desafiou o princípio das fronteiras abertas. E, por último, a carnificina de Paris reavivou o reflexo de fechar portas, construir muros e confiar em ninguém", escreveu Gibbs.

De cada uma das vezes, prosseguiu, "Merkel interveio: a Alemanha resgatou a Grécia, impondo as suas severas condições; acolheu refugiados como vítimas da selvajaria dos islamitas radicais, e não seus portadores; e enviou tropas para o estrangeiro para participar no combate ao EI".

"Podemos estar ou não de acordo com ela, mas ela não escolhe o caminho mais fácil", argumentou Gibbs, para quem "os líderes só são postos à prova quando os povos não querem segui-los".

Filha de um sacerdote protestante, Angela Merkel, de 61 anos, cresceu por detrás da Cortina de Ferro e percorreu um caminho sem precedentes para se tornar chanceler -- no poder há dez anos -- e a mulher mais poderosa do mundo.

  • O dia que roubou dezenas de vidas em Pedrógrão Grande
    3:47
  • "Reforma da Proteção Civil esgotou prazo de validade"
    2:34

    Tragédia em Pedrógão Grande

    António Costa reconheceu esta quinta-feira que a reforma da Proteção Civil que liderou em 2006 está esgotada, e não pode dar resultados sem uma reforma da floresta. Na mesma altura, o ministro da Agricultura admitiu que os problemas já estavam identificados há uma década, sem explicar por que razão não foram atacados pelo Governo socialista da altura.

  • "De um primeiro-ministro esperam-se respostas, não perguntas"
    0:35

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Assunção Cristas acusa o ministro da Agricultura de ter deitado ao lixo a legislação do anterior Governo que poderia ser útil no combate aos incêndios. O CDS exige uma responsabilização política pela tragédia de Pedrógão Grande, diz que há muito por esclarecer e por esse motivo entregou esta quinta-feira ao primeiro-ministro um conjunto de 25 perguntas.

  • Morreu Miguel Beleza

    País

    Miguel Beleza, economista e antigo ministro das Finanças, morreu esta quinta-feira de paragem cardio-respiratória aos 67 anos.

    Última Hora

  • Revestimento da Torre de Grenfell era tóxico e inflamável
    1:52
  • "Estamos a ficar sem espaço. Está na hora de explorar outros sistemas solares"

    Mundo

    O físico e cientista britânico Stephen Hawking revelou alguns dos seus desejos para um novo plano de expansão espacial. Hawking está em Trondheim, na Noruega, para participar no Starmus Festival que promove a cultura científica. E foi lá que o físico admitiu que a população mundial está a ficar sem espaço na Terra e que "os únicos lugares disponíveis para irmos estão noutros planetas, noutros universos".

    SIC

  • Não posso usar calções... visto saias

    Mundo

    Perante a proibição de usar calções no emprego, um grupo de motoristas franceses adotou uma nova moda para combater o calor. Os trabalhadores decidiram trocar as calças por saias, visto que a peça de roupa é permitida no uniforme da empresa para a qual trabalham.

  • De refugiada a modelo: a história de Mari Malek

    Mundo

    Mari Malek chegou aos Estados Unidos da América quando era ainda uma criança. Chegada do Sudão do Sul, a menina era uma refugiada à procura de um futuro melhor, num país que não era o seu. Agora, anos depois, Mari Malek é modelo, DJ e atriz, e vive em Nova Iorque. Fundou uma organização sediada no país onde nasceu voltada para as crianças que passam por dificuldade, como também ela passou.