sicnot

Perfil

Mundo

EUA considera que um acordo de paz na Colômbia seria "nova era" para América

O vice-Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse ao chefe de Estado colombiano, Juan Manuel Santos, que um acordo de paz na Colômbia marcaria uma "nova era" em toda a América, informou hoje a Casa Branca.

Sergei Chuzavkov

Durante uma conversa telefónica, Joe Biden e Juan Manuel Santos falaram sobre os "fortes laços bilaterais" entre os Estados Unidos e a Colômbia e o estado do processo de paz entre o Governo colombiano e a guerrilha das FARC (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), indicou a Casa Branca.

Biden "felicitou o Presidente Santos pelos avanços no processo de paz colombiano nos últimos meses".

"Os dois líderes concordaram que a paz na Colômbia marcaria uma nova era para a América e comprometeram-se a continuar os esforços para apoiar uma paz justa e duradoura", acrescentou o comunicado.

O Governo colombiano realiza desde há três anos em Havana, capital cubana, negociações com as FARC para chegar a um acordo que acabe com o conflito armado, que dura há mais de 50 anos e é o mais antigo do continente.

As partes acordaram que, o mais tardar, a 23 de março do próximo ano, deve ser assinado um acordo de paz.

Lusa

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Itália tenta colocar migrações na agenda do G7 contra vontade dos EUA
    1:45
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.