sicnot

Perfil

Mundo

Bruxelas coloca Alemanha em tribunal por causa da Mercedes-Benz

A Comissão Europeia anunciou hoje que vai colocar a Alemanha em tribunal por não obrigar o fabricante Daimler, que detém as marcas Mercedes-Benz e Smart, a usar um novo refrigerante de ar condicionado com menos impacto ambiental e mais seguro.

© Kim Kyung Hoon / Reuters

A Daimler não quer utilizar o novo refrigerante porque alega que nos testes de longa duração nos carros Mercedes-Benz, o líquido de arrefecimento chega a um ponto de ebulição que pode fazer com que os carros fiquem mais propensos a explodir em caso de acidente.

Bruxelas rejeitou as alegações da Daimler sobre a perigosidade do novo refrigerante, afirmando que "estas preocupações não foram compartilhadas por qualquer outro fabricante de automóveis", acrescentando que também não foram rejeitadas pelas autoridades de transporte alemãs.

A Alemanha, líder europeu no fabrico de automóveis, poderá enfrentar pesadas multas por ter infringido as leis da União Europeia.

Esta decisão aumenta a pressão sobre a indústria automobilística alemã que está a braços com o maior escândalo em 78 anos, quando o grupo Volkswagen manipulou os testes de emissões de gases dos seus carros a gasóleo.

A Comissão Europeia disse num comunicado que decidiu colocar a Alemanha em tribunal sobre a questão Daimler.

"A Comissão alega que a Alemanha violou a legislação da União Europeia, permitindo que o fabricante de automóveis Daimler AG tenha colocado veículos automóveis no mercado da União que não estavam em conformidade com a diretiva (relativa ao ar condicionado), que não tomou qualquer medida de correção", refere o comunicado.

Já em setembro do ano passado, a Comissão Europeia tinha alertado a Alemanha para a possibilidade de o assunto poder acabar em tribunal caso não agisse.

"Apesar dos contactos entre a Comissão e as autoridades alemãs, no âmbito do processo de infração, a Alemanha não tomou quaisquer medidas adicionais", disse a Comissão Europeia.

Desde 2013 que a regulamentação da UE exige que os fabricantes de automóveis usem um refrigerante chamado R1234yf com o fundamento de que produz muitos menos gases de efeito estufa do que os refrigerantes mais antigos.

A Daimler está a utilizar um mais antigo, chamado R134a, e sustenta em estudos que o novo refrigerante incendeia-se mais facilmente e coloca os carros em maior risco de explosão em caso de acidente.

Os fabricantes de R1234yf, os gigantes norte-americanos Dupont e Honeywell, rejeitam as alegações da Daimler.

A Alemanha deu à Daimler uma permissão especial para continuar a usar o refrigerante antigo, apesar da aprovação inicial do novo refrigerante pela Associação Alemã de Fabricantes de Automóveis (VDA), da qual a Daimler é membro.

Lusa

  • Sporting de Braga afastado da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting de Braga derrotou esta quinta-feira o Marselha, em Braga, por 1-0, na segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa. Um triunfo insuficiente para o apuramento, depois do desaire da equipa minhota em França (3-0).

  • Sporting nos oitavos de final da Liga Europa

    Liga Europa

    O Sporting garantiu esta quinta-feira o apuramento para os oitavos de final da Liga Europa, ao empatar frente ao Astana, em Alvalade, a três golos, na segunda mão dos 16 avos de final, depois de ter triunfado no Cazaquistão por 3-1. Veja ou reveja todos os golos do encontro.

  • Os 36 golos dos 16 avos da Liga Europa

    Liga Europa

    A jornada europeia ficou marcada, no panorama das equipas portuguesas, pelo apuramento do Sporting e pela eliminação do Sporting de Braga. Os leões passam assim a ser o único clube luso em prova na Liga Europa. Nos oitavos de final, o emblema de Alvalade pode encontrar adversários como o Arsenal, o Atlético de Madrid ou o AC Milan. O sorteio realiza-se esta sexta-feira, ao meio-dia. Aqui, veja ou reveja todos os golos da segunda mão dos 16 avos de final da Liga Europa.

  • "O dia a dia na Síria também é lutar por um pão"
    10:13

    Mundo

    Desde domingo que os bombardeamentos do regime sírio a Ghouta já fizeram mais de 400 mortos. Ghouta é o último reduto rebelde nos arredores da capital da síria, onde as forças fiéis a Bashar Al Assad iniciaram no domingo uma intervenção militar de larga escala. Cândida Pinto, editora de Internacional da SIC, e a psicóloga Maria Palha, que já esteve na Síria ao serviço dos Médicos Sem Fronteiras, estiveram na Edição da Noite da SIC Notícias para falar sobre o assunto.

  • O estranho caso do mergulhador Alejandro Ramos

    Mundo

    O mergulhador Alejandro Ramos tornou-se num caso de investigação do Centro Médico Naval do Peru, depois do seu corpo ter começado a inchar sem qualquer explicação aparente. Isto aconteceu há quatro anos, minutos depois de ter emergido da água, onde tinha estado a trabalhar durante muitas horas.

    SIC

  • Jane Seymour posa para a Playboy aos 67 anos

    Cultura

    Esta é a terceira vez que a atriz inglesa de 67 anos participa numa sessão fotográfica para a revista Playboy. Jane Seymour aproveitou a oportunidade para se juntar ao movimento #MeToo e falar sobre as agressões sexuais que sofreu às mãos de um produtor, em 1972.

  • Não dá mais, Brasil!
    18:00
  • Proposta de um cessar-fogo na Síria sem acordo

    Mundo

    O embaixador da Rússia junto das Nações Unidas afirmou esta quinta-feira que os 15 membros do Conselho de Segurança não alcançaram um acordo para aprovar um cessar-fogo de 30 dias na Síria, proposta negociada há mais de duas semanas.