sicnot

Perfil

Mundo

Clinton diz que Trump deixou de ter piada após comentário sobre muçulmanos

A pré-candidata democrata às presidenciais norte-americanas Hillary Clinton afirmou na quinta-feira que o aspirante republicano às mesmas eleições Donald Trump deixou de ter piada, após sugerir que os muçulmanos sejam temporariamente impedidos de entrar nos EUA.

© Mark Kauzlarich / Reuters

"Eu já não acho que ele seja engraçado", afirmou Clinton, no programa "Late Night with Seth Meyers", da NBC, considerando que Trump passou dos marcas.

"E o que ele está a dizer agora não é apenas vergonhoso e errado, é perigoso", disse Clinton.

O pré-candidato republicano à Casa Branca Donald Trump pediu, esta semana, para ser proibida a entrada nos Estados Unidos de todos os muçulmanos em resposta ao "ódio" que, defende, têm em relação aos norte-americanos.

Em comunicado, Donald Trump defendeu um bloqueio "completo e total" à entrada de muçulmanos no país até que as autoridades "averiguem o que se está a passar".

As declarações de Trump desencadearam uma onda de indignação internacional, tendo inclusive sido criada uma petição 'online' para impedir a entrada do magnata no Reino Unido, disponível na página na Internet do Parlamento britânico e que ultrapassou num dia as 100 mil assinaturas, ganhando o direito de ser debatida pelos deputados.

Lusa

  • "Não podemos fazer de Lisboa uma cidade para turistas"
    2:44

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite da SIC, o mandato de Fernando Medina na Câmara de Lisboa. O comentador da SIC defendeu que o autarca tem "muitos problemas por resolver" e que a Câmara tem investido "mais na recuperação de zonas em que os lisboetas praticamente não conseguem ir". Sousa Tavares disse ainda que Lisboa não pode ser uma cidade para turistas.

    Miguel Sousa Tavares

  • "Putin é uma ameaça maior do que o Daesh"
    0:24

    Mundo

    O senador norte-americano John McCain atacou Vladimir Putin dizendo que é uma ameaça maior do que o Daesh. O antigo candidato à Casa Branca acusa a Rússia de querer destruir a democracia ao tentar manipular o resultado das presidenciais dos Estados Unidos.

  • "É muito importante ceder à tentação de se abolir a liberdade"
    1:06