sicnot

Perfil

Mundo

Dois homens de origem síria interpelados em Genebra com sinais de explosivos na viatura

Dois homens de origem síria foram interpelados hoje em Genebra, que está em estado de alerta reforçado devido a uma ameaça extremista, e encontrados sinais de explosivos na sua viatura, anunciou a televisão pública suíça RTS.

Reuters

Reuters

© Denis Balibouse / Reuters

Uma operação de polícia está em curso no território suíço, sobre uma estrada conducente à fronteira com a França, acrescentou a estação televisiva.

A polícia de Genebra recusou especificar se estas interpelações estavam associadas às buscas de quatro homens que decorrem de forma intensiva desde quarta-feira, no seguimento de informações fornecidas por um serviço estrangeiro.

Estes quatro suspeitos, cujas fotos foram divulgadas pela imprensa suíça, estariam ligados ao grupo que se designa por Estado Islâmico.

O nível de alerta foi elevado para um nível três, de um total de cinco, pela polícia e foram colocados agentes armados em vários pontos sensíveis de Genebra.

Lusa

  • Economia portuguesa a crescer
    2:26
  • Os likes dos candidatos às autárquicas no Facebook
    4:00

    Autárquicas 2017

    Se há mais de 5 milhões de portugueses no Facebook, é natural que as autárquicas também passem pela rede social mais usada no país e no mundo. A SIC apresenta-lhe os 10 candidatos cujas páginas têm mais seguidores e, para a comparação ser mais justa, os que têm mais seguidores em Portugal - porque há também quem estranhamente tenha milhares de fãs em países como Egito, Filipinas ou Vietname.

  • Embaixador do Bangladesh pede ajuda aos portugueses no caso dos rohingya

    Mundo

    O embaixador do Bangladesh em Lisboa pediu esta sexta-feira aos portugueses que ajudem a resolver o problema dos rohingya. Desde o final de agosto, mais de 400 mil pessoas desta minoria muçulmana fugiram de Myanmar, a antiga Birmânia. O Bangladesh já tinha acolhido outros 400 mil refugiados e vê-se agora a braços com esta crise migratória. Pede por isso a Portugal que pressione Myanmar para aceitar de volta e em segurança os rohingya.