sicnot

Perfil

Mundo

EUA e Cuba restabelecem serviços postais diretos após 52 anos de suspensão

Os Estados Unidos e Cuba decidiram restabelecer os serviços postais diretos entre os dois países, suspensos há 52 anos, anunciou hoje o Ministério dos Negócios Estrangeiros cubano.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Kevin Lamarque / Reuters

A mesma fonte referiu que um "programa-piloto" irá entrar em vigor "nas próximas semanas". Numa fase seguinte, os serviços postais diretos entre os dois países deverão funcionar de forma permanente.

Esta informação é divulgada seis dias antes do primeiro aniversário do anúncio histórico feito em simultâneo pelos Presidentes norte-americano e cubano, Barack Obama e Raul Castro, a 17 de dezembro de 2014, que Washington e Havana iam iniciar negociações para restabelecer as relações diplomáticas, que estavam suspensas há mais de meio século.

Os dois países já tinham começado a trabalhar na recuperação dos serviços postais diretos em 2013, antes do anúncio da aproximação histórica.

Havana e Washington também já restabeleceram as ligações telefónicas diretas. Antes, as comunicações telefónicas entre os dois países tinham de passar por um terceiro país, o que tornava as ligações caras e sem qualidade.

A empresa de telecomunicações estatal cubana, a Etecsa, afirmou que a nova ligação telefónica poderá ser eventualmente usada para a Internet.

Cuba tem uma das taxas mais baixas de acesso à Internet a nível mundial, com apenas 3,4% das casas ligadas à rede.

Lusa

  • Partidos exigem explicações sobre transferências para offshores entre 2011 e 2014

    Economia

    O PS junta-se ao PCP, o Bloco de Esquerda e o PSD no pedido para a audição urgente do antigo e o atual secretário de Estado dos Assuntos Fiscais sobre a falta de controlo do Fisco às transferências de dinheiro para paraísos fiscais. Em causa está a transferência de 10 mil milhões de euros para offshores. O CSD é o único partido que ainda não se pronunciou.