sicnot

Perfil

Mundo

Mais de 20 mortos em incêndio em hospital psiquiátrico na Rússia

Pelo menos 21 pessoas morreram, esta madrugada, na sequência de um incêndio num hospital psiquiátrico na região de Voronezh, no sudoeste da Rússia, informou a agência RIA Novosti.

"Dezanove corpos foram retirados do local do incêndio e duas pessoas sucumbiram aos ferimentos no hospital. Duas outras encontram-se desaparecidas", disse uma fonte do centro regional do Ministério de Emergências à agência noticiosa oficial da Rússia.

O edifício, feito de madeira, foi destruído pelas chamas, segundo a mesma fonte.

O incêndio, na aldeia de Alferovka, levou à retirada de pelo menos 57 pessoas foram retiradas, das quais 22 foram hospitalizadas devido a queimaduras e à inalação de fumo.

Os bombeiros impediram que as chamas se alastrassem ao edifício contíguo ao centro psiquiátrico, segundo um porta-voz à agência TASS.

Desconhecem-se, de momento, as causas do incêndio.

Lusa

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • "Foi um golpe muito forte"
    1:41
  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • SIC acompanhou Francisco George no último dia como diretor-geral da Saúde
    6:20