sicnot

Perfil

Mundo

Segunda volta das regionais francesas com Frente Nacional confiante

A segunda volta das eleições regionais em França realiza-se hoje com a líder da Frente Nacional crente no triunfo, após o partido ter ganho em seis das 13 regiões francesas no passado domingo.

Lionel Cironneau/AP

Na primeira volta, a 06 de dezembro, o partido de extrema-direita Frente Nacional venceu em seis das 13 regiões francesas, ultrapassando conservadores e socialistas com 40,6% dos votos na região de Nord-Pas de Calais-Picardie.

Em reação, na segunda-feira à noite, o primeiro-ministro francês, o socialista Manuel Valls, apelou a uma votação na direita em três regiões, para tentar impedir a vitória da extrema-direita na segunda volta das eleições.

Grande perdedor da primeira volta das eleições, o Partido Socialista decidiu retirar os seus candidatos "nas regiões em que há um risco Frente Nacional e onde a esquerda não supera a direita", para "fazer barragem republicana" à extrema-direita.

Os candidatos do Partido Socialista retiraram-se no sudeste e norte, mantendo-se na corrida no leste de França.

Manuel Valls apelou à votação na direita nas regiões de Provence-Alpes-Côte d'Azur, no sudeste, onde Marion Maréchal-Le Pen teve mais 40% dos votos, de Nord-Pas-de-Calais-Picardie, no norte, onde a presidente da FN Marine Le Pen também recebeu mais de 40% dos sufrágios, e de Alsace-Champagne-Ardennes-Lorraine, onde o estratega da FN, Florian Philippot, também recebeu uma importante votação.

Enquanto isso, a Frente Nacional, liderada por Marine Le Pen, mantém a confiança na vitória, tendo já reservado um restaurante português para celebrar o triunfo de domingo.

A líder da Frente Nacional, segundo a qual o resultado da segunda volta está na mão dos abstencionistas, revelou entretanto que, "aconteça o que acontecer" nas eleições regionais, a sua candidatura às eleições presidenciais francesas vai avançar.

Lusa

  • Partido de Marine Le Pen quer festejar vitória eleitoral em restaurante português
    2:46

    Mundo

    Na primeira volta das eleições regionais francesas, a Frente Nacional, de Marine Le Pen, venceu em seis das 13 regiões. Entre os apoiantes do Partido Nacionalista de Extrema Direita estão emigrantes portugueses. Os enviados da SIC às eleições francesas, Sofia Arêde e Mário Cabrita, foram conhecer o restaurante português onde a Frente Nacional vai festejar em caso de vitória.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.

  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.