sicnot

Perfil

Mundo

Polícia italiana confisca pergaminhos com falsas bênçãos papais

As autoridades italianas anunciaram hoje ter confiscado 3.500 pergaminhos com falsas bênçãos papais que se destinavam a ser vendidos a peregrinos durante o Jubileu, que teve início no passado dia 8.

© Stefano Rellandini / Reuters

Os pergaminhos falsos, que incluíam a imagem do papa Francisco e o brasão da Santa Sé, foram descobertos numa loja próxima da Praça de São Pedro, no Vaticano.

Segundo a polícia italiana, os pergaminhos estavam impressos em italiano, espanhol, português e inglês sob o título "Bênção do Peregrino", tendo o responsável pela impressão sido denunciado por produção e comércio de objetos falsificados.

"Inventaram a recordação perfeita para o peregrino do Jubileu: uma bênção apostólica personalizada em pergaminho pontifício, com brasão da Santa Sé e uma fotografia do papa Francisco, mas não consideraram necessário pedir a correspondente autorização", comentou a polícia a propósito dos autores da fraude.

O valor dos pergaminhos apreendidos ascende a cerca de 70.000 euros, desconhecendo-se o montante que os comerciantes já tinham arrecadado com a venda dos certificados falsos.

O Ano Santo Extraordinário da Misericórdia, convocado pelo papa Francisco, teve início a 08 de dezembro, com a abertura da Porta Santa na Basílica de São Pedro, e termina a 20 de novembro de 2016.

Lusa

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica das delegações portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, esta segunda-feira, já terminou. A visita começou por volta das 9h00, hora de Lisboa, e serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.