sicnot

Perfil

Mundo

Ameaça em Los Angeles fecha todas as escolas públicas

Todas as escolas públicas de Los Angeles, nos Estados Unidos, estão fechadas devido a uma ameaça considerada credível pelas autoridades. A ameaça, por e-mail, terá sido feita a partir de um computador na Alemanha.

© Jonathan Alcorn / Reuters

É a primeira vez em mais de uma década que é tomada uma decisão destas. São 1200 escolas que estão fechadas e 640 mil alunos estão sem aulas desde manhã, altura em que os pais começaram a receber mensagens com a indicação para permanecerem em casa.

A denúncia foi feita por e-mail e levou a administração escolar a encerrar todos os estabelecimentos. Em conferência de imprensa, a policia garantiu que a situação vai manter-se. As autoridades estarão a preparar buscas em todas as escolas.

De acordo um porta-voz do agrupamento escolar, a ameaça veio de um endereço de internet localizado na cidade alemã de Frankfurt.

Entretanto a NBC adianta que a polícia de Nova Iorque recebeu uma ameaça semelhante que não foi tida em conta.

  • Porque é que Melania e Ivanka vestiram preto para conhecer o Papa

    Mundo

    Melania e Ivanka chegaram ao Vaticano de preto, uma escolha muito questionada. De vestidos longos e véus, as mulheres Trump seguiram assim o dress code aconselhado nas audiências com o Papa. Também Michelle Obama usou uma vestimenta do género, em 2009, quando visitou Bento XVI.

  • Escola de Vagos castiga alunos por protesto contra a homofobia e preconceito

    País

    Os alunos da Escola Secundária de Vagos, no distrito de Aveiro, organizaram um protesto contra o que consideram homofobia e preconceito. Segunda-feira, depois de duas alunas se terem beijado foram chamadas à direção da escola, que as terá informado que não podiam beijar-se em público. O protesto foi gravado e partilhado nas redes sociais. Em declarações à SIC Notícias, um dos alunos disse que todos os envolvidos no protesto vão ser alvos de um processo disciplinar. O Bloco de Esquerda já pediu esclarecimentos ao Ministério da Educação.

    EXCLUSIVO

    Rita Pedras