sicnot

Perfil

Mundo

Donald Trump seria o presidente "mais saudável da história" dos EUA, diz médico

O multimilionário Donald Trump seria, se fosse eleito no imediato, "o indivíduo mais saudável alguma vez eleito para a Presidência" dos Estados Unidos, disse na segunda-feira o seu médico pessoal.

© Mary Schwalm / Reuters

Nos Estados Unidos é habitual que os candidatos publiquem informação sobre o seu estado de saúde antes das eleições e, depois de a ex-secretária de Estado Hillary Clinton e do ex-governador da Florida Jeb Bush, foi a vez de Trump fazê-lo.

"Não tem problemas médicos graves. A sua tensão arterial está incrivelmente excelente. Se for eleito, o senhor Trump, posso dizer sem margem de erro, será o indivíduo mais saudável alguma vez eleito para a Presidência", disse em comunicado o médico Harold Bornstein.

Bornstein, que é especialista em gastroenterologia e trabalha no hospital Lenox Hill, é o médico pessoal de Trump em Nova Iorque há 35 anos, depois de ter sucedido ao seu pai, Jacob.

De acordo com o médico, a tensão arterial do magnata é de 110/65, uma média melhor do que o habitual, que para uma pessoa saudável se situa em 120/80.

Aos 69 anos, Trump apenas foi operado uma vez, aos 10 anos, ao apêndice.

No mesmo comunicado, o aspirante a candidato atribuiu a sua boa saúde aos "bons genes" dos seis pais, que "viveram longas vidas e produtivas".

Em caso de eleição, Trump tomaria posse em janeiro de 2017, já com 70 anos, o que o tornaria o presidente eleito mais velho da história dos Estados Unidos, superando Ronald Reagan (1981-1989), que tomou posse aos 69 anos.

  • Morreu o companheiro de Nelson Mandela

    Mundo

    Ahmed Kathrada, activista e ícone sul-africano que lutou ao lado de Mandela contra o "apartheid" morreu hoje aos 87 anos, informou a fundação de caridade Kathrada.

  • Mais de um milhão de crianças em risco de morrer à fome
    1:23
  • Vidas Suspensas: Delfim 353
    29:30
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.