sicnot

Perfil

Mundo

Pelo menos 17 corpos encontrados numa ravina no México

As autoridades mexicanas encontraram pelo menos 17 corpos numa ravina, no violento Estado de Guerrero, revelou hoje um funcionário do gabinete do procurador-geral.

Foram encontrados "nove corpos completos e oito meio-carbonizados", revelou a mesma fonte, a coberto do anonimato, acrescentando que os cadáveres foram descobertos entre os dias 08 e 11 de dezembro na aldeia de Chichihualco.

Desconhece-se a identidade, a idade ou o sexo das vítimas e as autoridades ainda não conseguiram determinar quando morreram.

O Estado mexicano de Guerrero tem sofrido anos de violência devido aos cartéis da droga, com gangues a cultivarem papoilas de ópio em montanhas remotas e batalhas pelo controlo das rotas de tráfico de heroína.

Um pouco por toda a região, são frequentemente encontradas sepulturas clandestinas contendo um ou vários corpos.

Em Guerrero, 43 professores estagiários foram sequestrados pela polícia corrupta na cidade de Iguala em setembro de 2014 e, de acordo com os promotores, entregues a um gangue que os matou, incinerando depois os corpos.

Lusa

  • A menina síria que relata a guerra no Twitter está bem, diz o pai

    Mundo

    Bana Alabed, a menina síria de 7 anos que conta no Twitter a luta pela sobrevivência e os horrores da guerra em Alepo, teve de abandonar a sua casa que foi bombardeada mas está bem, disse hoje o seu pai à Agência France Press. A conta esteve fechada domingo, mas foi entretanto reativada e tem hoje uma nova publicação de Bana.

  • Parkinson pode ter início nos intestinos

    Mundo

    Um novo estudo científico vem revelar que a doença de Parkinson pode não estar apenas no cérebro. A doença pode ter início nos intestinos e mais tarde migrar para o cérebro.