sicnot

Perfil

Mundo

Polícia iraniana parou 40 mil carros devido a mulheres com lenço mal posto

O chefe da polícia de trânsito de Teerão anunciou que nos últimos oito meses foram tomadas medidas contra cerca de 40.000 carros com mulheres que não cobriam corretamente a cabeça com um lenço, segundo a agência Isna.

© Raheb Homavandi / Reuters

O general Teymur Hosseini disse que "na maioria dos casos, as viaturas foram apreendidas e o dossiê foi enviado para o tribunal".

Em novembro, a polícia tinha anunciado que seriam apreendidos durante uma semana os carros com uma condutora ou passageira sem lenço ou com ele mal colocado.

A utilização do lenço na cabeça é obrigatória no Irão para as mulheres, sejam iranianas ou estrangeiras e independentemente da sua religião, desde a revolução islâmica de 1979.

Nos últimos anos, no entanto, tem havido um relaxamento do código de vestuário das mulheres e nas ruas da capital e de outras grandes cidades não é raro ver condutoras com os lenços sobre os ombros ou mulheres com casacos mais justos e mais curtos do que era habitual.

O presidente Hassan Rohani, um religioso moderado eleito em junho de 2013, defende uma maior abertura política e social do país, nomeadamente no que se refere ao respeito do código de vestuário.

Lusa

  • Papa aprova canonização dos pastorinhos

    País

    O Papa Francisco promulgou esta manhã o decreto que reconhece o milagre atribuído aos beatos Francisco e Jacinta, conhecidos como os pastorinhos de Fátima, o que permite a canonização, anunciou a sala de imprensa da Santa Sé.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Filho de Trump critica mayor de Londres por palavras de 2016

    Ataque em Londres

    Donald Trump Júnior criticou o presidente da Câmara de Londres logo a seguir ao ataque de quarta-feira que fez três mortos e mais de 40 feridos. O filho de Presidente publicou no Twitter uma reação a uma declaração de Sadiq Khan de setembro de 2016. Para o Presidente dos EUA, o ataque em Londres é "uma grande notícia".

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.