sicnot

Perfil

Mundo

Ataques de forças russas na Síria provocam a morte a 320 "terroristas"

O exército sírio afirmou hoje que a força aérea russa matou nas últimas 24 horas cerca de 320 "terroristas" e destruiu 109 camiões cisterna de petróleo, propriedade do grupo extremista Estado Islâmico.

Sukhoi Su-24

Sukhoi Su-24

© Shamil Zhumatov / Reuters

Fontes militares sírias, citadas pela agência noticiosa Sana, afirmaram que a força aérea russa, em colaboração com a síria, realizou 59 ataques contra 212 objetivos "terroristas" em províncias do norte e centro do país.

Durante aquela operação, foram mortos 320 membros de grupos armados e destruídos 34 veículos para transporte de combatentes e outros 15 preparados com armas automáticas.

Os ataques também destruíram 94 camiões cisterna para transporte de petróleo do grupo extremista Estado Islâmico.

A Rússia, aliada do Governo de Damasco, realiza desde finais de setembro bombardeamentos em território sírio.

Lusa

  • Sporting adiado por mais dois dias
    1:41
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Gilberto Gil cancela atuação em Israel

    Cultura

    O músico brasileiro Gilberto Gil cancelou a atuação que tinha marcada para Telavive, em Israel, no dia 4 de julho, na sequência de protestos em Gaza durante os quais o exército daquele país matou 60 palestinianos.

  • Gases tóxicos expelidos pelo Kilauea ameaçam a população no Havai
    1:51