sicnot

Perfil

Mundo

FBI sem provas de que tiroteio em San Bernardino foi realizado por terroristas

O diretor da polícia federal norte-americana (FBI) afirmou esta quarta-feira que ainda não existem provas de que os autores do tiroteio em San Bernardino, Califórnia, fossem elementos de uma célula terrorista organizada.

O ataque perpetrado no passado dia 2 de dezembro matou 14 pessoas e feriu outras 22.

O ataque perpetrado no passado dia 2 de dezembro matou 14 pessoas e feriu outras 22.

© Mario Anzuoni / Reuters

O ataque perpetrado no passado dia 2 de dezembro por um casal suspeito, Syed Farook e Tashfeen Malik, matou 14 pessoas e feriu outras 22.

"Ainda não temos indícios de que [os suspeitos] integrassem qualquer tipo de célula organizada ou um plano que envolvesse outros participantes", disse James Comey, numa conferência de imprensa sobre temas de segurança na sede do Departamento de Polícia de Nova Iorque.

O diretor do FBI esclareceu que os autores do tiroteio não manifestaram o seu apoio ao grupo extremista Estado Islâmico (EI) através das redes sociais, como foi divulgado após o ataque, mas sim através de "mensagens de correio eletrónico e mensagens privadas".

"Também não temos provas de que terão colocado mensagens nas redes sociais", admitiu Comey.

Após o ataque, a comunicação social norte-americana divulgou que a suspeita do tiroteio, a paquistanesa Tashfeen Malik, tinha jurado lealdade ao líder do EI, Abu Bakr al-Baghdadi, através de um perfil falso na rede social Facebook.

O norte-americano Syed Farook e a sua mulher Tashfeen Malik irromperam no dia 02 de dezembro pelas instalações de um centro de apoio para pessoas com deficiência em San Bernardino durante uma festa de natal e abriram fogo.

Desde então, o FBI está a investigar o eventual processo de radicalização do casal, que morreu no mesmo dia do ataque durante uma troca de tiros com a polícia.

O grupo radical sunita assegurou posteriormente que os atacantes eram seus seguidores.

Lusa

  • Cerca de 100 mortos e dezenas de desaparecidos após sismo na Indonésia
    1:24
  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Com este vamos arrancar-lhe uma lagriminha!

    Mundo

    Nesta redação, não se vive só de notícias. Também gostamos de nos emocionar com o mundo virtual. Imbuídos pela quadra natalícia, decidimos partilhar este vídeo polaco consigo. O que é preciso para o emocionar? Um tema com uma mensagem simples e que nos faça lembrar que somos todos feitos de carne e osso. Um toque de humor. Um sentimento sazonal, mas nunca em excesso. Um cão [é preciso haver sempre um cão]. Um enredo e algum suspense que nos prenda ao écran. Algo que nos faça engolir em seco. Foi isto que fez um site de vendas online com um anúncio com o título: "Inglês para principiantes". Então? Atingimos o nosso objetivo? Com ou sem lágrima?

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54
    Futuro Hoje

    Futuro Hoje

    3ª FEIRA NO JORNAL DA NOITE

    A Leica, das famosas máquinas fotográficas, abriu na semana passada a primeira loja em Portugal. Grande parte da produção da marca alemã é feita em Lousado, em Vila Nova de Famalicão, há 43 anos.