sicnot

Perfil

Mundo

Músico espanhol tocou saxofone enquanto era operado a tumor no cérebro

Um músico espanhol, operado em outubro passado a um tumor no cérebro, revelou esta quarta-feira em conferência de imprensa em Málaga, sul de Espanha, as suas impressões da operação cirúrgica, em que se manteve acordado e a tocar saxofone.

Ao músico (na imagem) foi dada somente uma sedação e analgésicos durante a intervenção, com o objetivo de estar acordado para se poder realizar a estimulação elétrica do córtex, o manto do tecido nervoso que cobre a superfície do cérebro.

Ao músico (na imagem) foi dada somente uma sedação e analgésicos durante a intervenção, com o objetivo de estar acordado para se poder realizar a estimulação elétrica do córtex, o manto do tecido nervoso que cobre a superfície do cérebro.

JORGE ZAPATA / Lusa

A intervenção cirúrgica foi realizada no Hospital regional de Málaga em Carlos Aguilera, de 27 anos, no passado dia 15 de outubro e o paciente ajudou a equipa médica a identificar as áreas cerebrais relacionadas com a linguagem contando números, lendo frases e interpretando fragmentos de peças musicais.

A operação, a primeira vez deste tipo na Europa, serviu para retirar um tumor na parte do córtex cerebral ligado à linguagem musical, e o paciente foi mantido consciente e a tocar saxofone para evitar sequelas.

Ao músico foi dada somente uma sedação e analgésicos durante a intervenção, com o objetivo de estar acordado para se poder realizar a estimulação elétrica do córtex, o manto do tecido nervoso que cobre a superfície do cérebro.

"Há dois meses estava deitado numa cama e agora posso decidir que vida me espera, como se tivesse voltado a nascer", disse Aguilera na conferência de imprensa, em que interpretou três músicas com o saxofone, o seu instrumento de trabalho numa orquestra e que começou a tocar aos nove anos.

Apesar da complexidade da intervenção, o jovem afirmou que sentia-se "como se estivesse deitado na praia", pois não imaginava nada daquilo que viu depois no vídeo da intervenção cirúrgica.

Lusa

  • Dijsselbloem mostra algum arrependimento mas recusa demitir-se
    2:40

    Mundo

    Jeroen Dijsselbloem diz que cabe ao Governo português avançar com o nome de Centeno para a presidência do Eurogrupo, mas escusa-se a comentar essa possibilidade. Para já, o holandês não se demite do cargo. Esta quinta-feira ouviu as críticas dos eurodeputados no Parlamento Europeu.

  • Há cada vez menos portugueses

    País

    A população em Portugal diminuiu no ano passado, pelo oitavo ano consecutivo, já que o número de mortes continua a ser superior ao de nascimentos, revelam dados hoje divulgados pelo INE.

  • Será que lavar em lavandarias self-service compensa?
    8:21
  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Primeira dama chinesa defende avanços na igualdade

    Mundo

    A primeira dama chinesa, Peng Liyuan, defendeu os avanços da China em matéria de igualdade dos géneros. Uma rara entrevista, difundida numa altura em que feministas chinesas asseguram serem controladas pela polícia face às suas campanhas.