sicnot

Perfil

Mundo

Stephen Hawking cria prémio de divulgação científica

O célebre astrofísico britânico Stephen Hawking apresentou hoje em Londres uma medalha que vai ter o seu nome e recompensar os que divulgarem as ciências na escrita, filme ou obras de arte.

reuters

"Estou contente por estar aqui hoje para anunciar uma recompensa e não para receber uma", ironizou o cientista, que se exprime através de um computador, devido a uma doença, durante uma conferência na Royal Society em Londres.

"Esta medalha vai recompensar a excelência da comunicação científica através de diferentes meios, seja a escrita, a rádio, a música, o cinema ou as belas artes", especificou.

"Em todo o mundo, as pessoas têm um apetite incrível pela ciência (...), querem compreender", assegurou Hawking, autor do 'best-seller' "Uma Breve História do Tempo".

A partir do próximo verão, três medalhas vão ser atribuídas em cada ano em outras tantas categorias (científica, artística e cinematográfica) durante o Festival Starmus, cuja edição de 2016, a terceira, se vai realizar de 27 de junho a 02 de julho, em Tenerife, nas Canárias.

"É importante reconhecer o enorme trabalho realizado pelas pessoas que procuram divulgar a ciência ao grande público", estimou o astrofísico Garik Israelian, fundador do Starmus, evento que mistura astronomia e música.

Apoiante do festival desde a primeira hora, o guitarrista do lendário grupo de rock Queen, Brian May, também esteve presente na conferência de imprensa de hoje e lembrou como, desde a sua infância, era um apaixonado pela ciência e pela música, mas que os professores lhe tinham aconselhado não seguir as duas vias ao mesmo tempo.

"Regressei à astronomia há oito anos, para acabar o meu doutoramento. Num sentido, os meus dois sonhos tornaram-se realidade, apesar do que me disseram", afirmou May.

Lusa

  • Morte de portuguesa no Luxemburgo afinal não aconteceu

    País

    A morte de uma portuguesa em Bettembourg, no sul do Luxemburgo, não terá acontecido. O Jornal do Luxemburgo avançou, esta manhã, que a emigrante portuguesa tinha sido baleada mortamente pelo filho, uma informação entretanto desmentida por outro jornal online. Segundo o Bom Dia Luxemburgo, o que aconteceu foi afinal uma rusga policial.

  • Estamos quase na hora de verão

    País

    Esta madrugada muda a hora. Quando for 1h00, os relógios adiantam para as 2h00. Será uma noite com menos tempo de sono, mas os dias vão ficar mais longos com o chamado horário de verão.

  • Hora do Planeta, apagam-se as luzes para despertar consciências
    2:19
  • Divorciados vão poder dividir filhos no IRS 

    Economia

    Os divorciados vão passar a poder dividir os filhos no IRS (imposto sobre o rendimento singular) e o Governo está a estudar soluções para que em 2018 haja um novo sistema para lidar com a guarda conjunta de filhos.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Ataques aéreos dos EUA em Mossul podem ter causado a morte de 200 civis
    1:22
  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.

  • Quando o cancro chega por mero acaso
    1:55

    Mundo

    Cerca de dois terços das mutações que ocorrem nas células cancerígenas devem-se ao acaso, segundo um estudo da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos. Em Portugal, o Diretor do Programa Nacional Doenças Oncológicas alerta para a importância de um diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável como forma de reduzir a fatalidade.