sicnot

Perfil

Mundo

Tufão Melor causou pelo menos oito mortos nas Filipinas

Pelo menos oito pessoas morreram à passagem pelo centro das Filipinas do tufão Melor, que assolou a região durante dois dias com ventos de até 185 quilómetros por hora e chuvas que causaram danos materiais.

(Arquivo)

(Arquivo)

© KYODO Kyodo / Reuters

O Conselho de Gestão e Redução do Risco de Desastres das Filipinas apenas confirmou a morte de um homem de 31 anos, atingido por parte de um telhado de uma casa que se soltou devido ao vento forte na província de Samar do Norte.

No entanto, as autoridades locais das províncias afetadas comunicaram a morte de mais sete pessoas.

Três morreram afogadas em Samar do Norte, disse um oficial do departamento de Desastres desta província, Jonathan Baldo, à estação dzMM.

As outras quatro vítimas foram registadas em Mindoro Oriental, segundo informou o governador provincial, Alfonso Umali, numa entrevista ao canal de televisão local ANC.

"Este foi o pior tufão vivido em Mindoro Oriental nos últimos dez anos. Grande parte da província ficou sem corrente elétrica", sublinhou Umali.

O Conselho de Gestão e Redução do Risco de Desastres indicou num relatório que o Melor danificou o sistema elétrico de pelo menos uma província, cinco cidades e 88 municípios, pelo que milhares de pessoas ficaram sem luz.

O Melor também forçou a retirada de mais de 730 mil pessoas e causou danos graves em infraestruturas e em milhares de lares.

O tufão deixou o território filipino na terça-feira à noite.

No entanto, 12 províncias permanecem em alerta, das quais mais da metade suspenderam as aulas em todas as escolas perante a possibilidade de continuarem a registar-se chuvas fortes.

Lusa

  • Bataglia deixou passar 12 milhões pela sua conta a pedido de Salgado
    2:05

    Operação Marquês

    O presidente da Escom e arguido na Operação Marquês Helder Bataglia terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates. O amigo de Sócrates e Bataglia terão combinado várias formas de não levantar suspeitas. A notícia é avançada pelo jornal Expresso na edição deste sábado.

  • Dirigente derrotado da Gâmbia concorda em ceder poder

    Mundo

    O ex-presidente e candidato derrotado das eleições na Gâmbia, Yahya Jammeh, concordou em ceder o poder ao novo Presidente do país, empossado na quinta-feira, indicou esta sexta-feira um responsável governamental senegalês.

  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.