sicnot

Perfil

Mundo

Aviões turcos serão derrubados se violarem espaço aéreo russo, avisa Putin

O Presidente russo, Vladimir Putin, ameaçou hoje a Turquia de derrubar os seus aviões se estes voltarem a entrar no espaço aéreo da Síria, onde a Rússia instalou mísseis antiaéreos S-400.

© Sergei Karpukhin / Reuters

"Se antes a aviação turca voava e violava permanentemente o espaço aéreo da Síria, faça-o agora", afirmou Putin, na sua conferência de imprensa anual, transmitida em direto pela televisão.

Putin disse que com o "ato hostil" recente de derrubar na fronteira síria o bombardeiro russo S-400 a Turquia apenas conseguiu que a Rússia intensifique os seus bombardeamentos contra o grupo radical Estado Islâmico e reforce a sua presença militar no país árabe.

"Para que o fizeram? Não compreendo. Pensavam que íamos fugir? Claro que não. A Rússia não é um desses países. Aumentámos a nossa presença, o número de aviões. Não havia sistemas de defesa antiaérea e agora instalámos os S-400", disse.

Putin disse ainda que é "praticamente impossível" chegar a um acordo com os atuais dirigentes turcos, numa referência ao Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, que recusa desculpar-se pelo derrube do avião russo, como exige Moscovo.

"A crescente islamização (na Turquia), que certamente faria dar voltas no túmulo ao próprio (fundador e primeiro Presidente da República da Turquia, Mustafa Kemal) Ataturk, também nos afeta. Na Turquia há guerrilheiros vindos do norte do Cáucaso", disse.

Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.