sicnot

Perfil

Mundo

Putin diz que Blatter merece Nobel da Paz

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, disse hoje que o presidente demissionário da FIFA, Joseph Blatter, suspenso provisoriamente por 90 dias, merecia ser distinguido com o prémio Nobel da Paz.

YURI KOCHETKOV

"[Blatter] É alguém que merece o prémio Nobel da Paz. O seu contributo para o apoio humanitário global é colossal. Fez um trabalho considerável para o futebol mundial", disse Putin, na sua habitual conferência de imprensa de final de ano.

Blatter está a ser ouvido hoje, em Zurique, pelo Comité de Ética da FIFA, por implicação no escândalo de corrupção que atingiu a instituição.

A FIFA foi abalada por um escândalo de corrupção em maio, a dois dias da reeleição de Blatter como presidente do organismo máximo do futebol mundial, num processo aberto pela justiça dos Estados Unidos e que levou à acusação de 14 dirigentes e ex-dirigentes.

No início de junho, Blatter apresentou a demissão, abrindo o caminho para novas eleições, que foram marcadas para 26 de fevereiro de 2016.

A 25 de setembro, o Ministério Público suíço instaurou um processo criminal a Blatter, que foi interrogado na qualidade de arguido, por suspeita de gestão danosa, apropriação indevida de fundos e abuso de confiança.

A 8 de outubro, Blatter, o secretário-geral da FIFA, o francês Jérôme Valcke, e Michel Platini, presidente da UEFA, foram suspensos provisoriamente por 90 dias pelo Comité de Ética da FIFA.

Na base das suspensões estão os inquéritos que decorrem no próprio órgão da FIFA, ainda que vários outros responsáveis do organismo mundial estejam também a ser investigados pelas autoridades suíças e norte-americanas.

Lusa

  • "O FC Porto não merece ser campeão"
    2:23
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    O empate do FC Porto com o Feirense foi o principal assunto do Play-Off da SIC Notícias, este domingo. Rodolfo Reis mostrou-se insatisfeito com a atitude dos jogadores do FC Porto.

  • Incêndio em Alfragide deixa 12 pessoas desalojadas
    1:59

    País

    Um incêndio destruiu este domingo a cobertura de um prédio de habitação em Alfragide, no concelho da Amadora. Doze pessoas ficaram desalojadas, mas ninguém ficou ferido. Os bombeiros dominaram o fogo em cerca de uma hora, os moradores queixam-se da falta de eficácia no combate às chamas.