sicnot

Perfil

Mundo

Último Conselho Europeu do ano discute migrações e Reino Unido na UE

Os chefes de Estado e de Governo da União Europeia reúnem-se, entre hoje e sexta-feira, em Bruxelas, num Conselho Europeu cuja agenda será dominada pela crise migratória e pelas reivindicações do Reino Unido para permanecer na UE.

© Vincent Kessler / Reuters

Na carta convite para a última cimeira do ano dirigida aos chefes de Estado e de Governo da UE, entre os quais o primeiro-ministro António Costa, o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, aponta que os trabalhos começarão hoje à tarde com uma discussão sobre as ações que têm estado a ser levados a cabo e que estão planeadas a nível comunitário para enfrentar a crise migratória.

Os líderes dos 28 terão a oportunidade de apreciar pela primeira vez o pacote de propostas apresentado na terça-feira pela Comissão Europeia, que inclui a criação de uma nova guarda costeira e fronteiriça europeia com poderes para atuar excecionalmente num Estado-membro sem o seu aval se o espaço Schengen estiver em causa e haja uma maioria qualificada dos 28 Estados-membros da União Europeia (UE) a aprovar a ação.

Depois do debate sobre migrações, os líderes irão discutir, durante o jantar de trabalho a "questão do Reino Unido", nesta altura mais para fazer um ponto da situação sobre as negociações em curso em torno das reformas reclamadas pelo primeiro-ministro David Cameron, para perceber se há condições para se fechar um acordo em fevereiro, que evite uma saída dos britânicos do bloco europeu (o chamado "Brexit").

Na sessão de sexta-feira serão abordados temas como o aprofundamento da União Económica e Monetária - com a participação do presidente do Banco Central Europeu (BCE), Mario Draghi -, Mercado Interno, Energia, Alterações Climáticas e combate ao terrorismo.

Portugal estará representado pelo primeiro-ministro, António Costa, que, à margem da cimeira, tem previsto vários encontros bilaterais, incluindo com o presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk.

Também o líder do PSD, Pedro Passos Coelho, estará hoje em Bruxelas, para participar na tradicional reunião preparatória do PPE - a maior família política europeia, à qual pertence o PSD -, mas de novo na condição de líder da oposição, algo que já não acontecia desde 2011.

Lusa

  • Costa defende que a Europa deve proteger os refugiados
    0:58

    Crise Migratória na Europa

    Portugal recebe esta quinta-feira a primeira vaga de refugiados dos cerca de 4500 que o país se disponibilizou a receber. A crise migratória é um dos temas centrais do próximo Conselho Europeu. Esta quarta-feira, no debate parlamentar que antecipou o encontro, o primeiro-ministro voltou a sublinhar que a Europa tem o dever de proteção dos que procuram auxílio e não pode fechar fronteiras.

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.